sexta-feira, 30 de junho de 2017

charge3006
 Professores de Dr Severiano deflagram greve contra “pacote de maldades”
Cidade serrana acompanha impasse entre a prefeitura e professores da rede municipal de ensino
Cidade serrana acompanha impasse entre a prefeitura e professores da rede municipal de ensino

Professores de Dr Severiano deflagram greve contra “pacote de maldades”

Professores do município de Doutor Severiano, Alto Oeste do estado, iniciam greve geral nesta sexta-feira, 30, contra o que qualificam como um “pacote de maldades” que estaria sendo aplicado pela prefeitura local com prejuízo a direitos adquiridos por servidores que atuam na área da educação.
A greve anunciada por tempo indeterminado foi amadurecida no decorrer da semana e teve como estopim o Projeto de Lei no. 016/2017 que estaria prestes a ser aprovado, e estabelece uma série de mudanças na rotina de trabalho e direitos trabalhistas.
Em meio as insatisfações da categoria, encontra-se a aplicação da jornada de trabalho de 30 horas semanais, a alteração dos coeficientes correspondentes aos ativos de carreira, a redução de 5% para 3% da variação percentual entre as classes de carreira.
Os professores reclamam ainda da redução no período de férias dos professores, a extinção do quinquênio, além da livre nomeação e exoneração para o exercício das funções de suporte pedagógico das unidades escolares partindo do executivo.
No decorrer da semana os professores emitiram uma nota de repúdio voltada para a sociedade local onde apontam os pontos de impasse com o executivo.
Na nota, é destacado que os professores não concordam com as medidas adotadas pela prefeitura local, e que o executivo não reconhece a atuação do Sindicato dos Servidores Municipais de Doutor Severiano e Encanto, entidade que representa os servidores públicos municipais, o que estaria prejudicando a abertura de diálogo para a discussão das medidas consideradas arbitrárias.
Com a greve, os alunos da cidade serrana ficam sem aula por tempo indeterminado. Segundo representantes dos servidores, caso a prefeitura não abra diálogo com os professores, a greve poderá ser estendida a outros segmentos funcionais do município.

NOTA DE REPÚDIO
Caros educadores, educadoras, senhoras e senhores severianenses.
No dia 22 de Julho de 2013, foi instituído o Plano de Cargo, Carreira e de Remuneração do Magistério Público Municipal de Doutor Severiano,  dispondo,  nos termos da Constituição Federal de 1988, na LDB de 1996; na lei do Piso Nacional dos professores de 1998 e nas leis municipais que versam sobre a organização do Magistério Público do Município, estruturando,  assim,  a carreira docente.
Portanto, já existe um Plano de Carreira para os professores, devidamente aprovado,  o qual foi elaborado e discutido com a participação da gestão  Municipal e da Câmara de vereadores de 2013, inclusive com o aval do atual secretário da educação,  que era vereador naquela ocasião.
Entretanto, ainda em Janeiro de 2017, a gestão atual,  com o aval da Câmara,  REVOGOU, importantes artigos do plano supracitado,  através da lei 475/2017  rebaixando os salários dos professores severianenses de modo que nos meses que se seguiram,  a casa legislativa continuou aprovando sucessivos projetos que demonstram total descaso com a educação municipal.
O sindicato, por sua vez, não tinha como discutir estratégias para um NOVO PLANO, já que não concorda com a referida revogação, denominada pelo próprio gestor municipal, em  posterior reunião com os professores,  como “O PACOTE DE MALDADES”.
O fato é que esta administração não apenas ignora a entidade sindical dos servidores, como tenta denegrir-la perante a sociedade,  cujas ações aconteceram à revelia do sindicato e, consequentemente,  dos próprios professores.  Vale dizer que a representação sindical não se caracteriza por uma, duas ou três pessoas.
O sindicato somos todos nós: os servidores!
Diante disso,  o SINDSEMDE- Sindicato dos Servidores Municipais de Doutor Severiano e Encanto –  , alerta os professores para o risco do GOLPE FINAL contra eles: o projeto de lei, n· 016/2017, que já se encontra à disposição dos vereadores sob o risco de ser aprovado,  culminando numa ação articulada,  com anuência do executivo para a cassação dos direitos dos trabalhadores da educação.
Com isso, o SINDSEMDE, lança mão desta NOTA DE REPÚDIO,  a fim de prestar esclarecimentos e convida toda a população para juntar-se à categoria de professores em defesa dos seus direitos,  afinal,   os professores os responsáveis diretos pela qualidade da educação  dos nossos filhos.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Comissão internacional estimula captura de peixes na Costa Branca acompanhados por pesquisa
Cada atum recapturado pode render até R$ 50 a pescadores da região

Comissão internacional estimula captura de peixes na Costa Branca acompanhados por pesquisa

Neste sábado, dia 1º de julho, acontece em Areia Branca uma ação de sensibilização voltada para os pescadores da região.
Durante todo o dia, integrantes da Comissão Internacional para a Conservação dos Atuns do Atlântico (ICCAT – International Comission for the Conservation of Atlantic Tuna) vão orientar os profissionais da pesca sobre a recaptura de peixes marcados pela comissão nos últimos meses e também sobre os valores de recompensa.
A Ufersa é parceira da Comissão por meio do professor Guelson Silva, do curso de Engenharia de Pesca.
Segundo o professor Guelson, o representante do ICCAT, Pedro Guemes, será o responsável pela campanha de divulgação das recompensas do Programa de Marcação e Recaptura de Atuns no Oceano Atlântico Tropical (AOTTP – Atlantic Ocean Tropical Tuna Tagging Program). A visita também contará com a presença do Engenheiro de Pesca, Rafael Muniz, da Universidade Federal Rural de Pernambuco, chefe da equipe de recaptura no Brasil.
Na oportunidade, serão distribuídos cartazes de divulgação e estabelecidos os valores pagos pela recuperação das marcas colocadas nos atuns.
Segundo o professor, Guelson, cada peixe marcado que for recapturado pode render até R$ 50 para o pescador. Os pesquisadores querem recapturar os peixes com as marcas amarela e vermelha. Nos cartazes estarão todas informações sobre valores, capturas e telefones e e-mails de contato da equipe.
Para o professor, quanto maior o alcance da divulgação, maior será o sucesso do programa na recuperação das marcas. Cerca de 1.500 peixes foram marcados e soltos pelo litoral da região. O Programa já investiu R$ 2 milhões só no processo de marcação. Esses recursos são provenientes da comunidade internacional, principalmente de países europeus.

terça-feira, 27 de junho de 2017

RN atinge a meta de desmatamento zero de Mata Atlântica
(Foto: Parque das Dunas - Ronaldo Diniz).
(Foto: Parque das Dunas - Ronaldo Diniz).

RN atinge a meta de desmatamento zero de Mata Atlântica

Dados do Atlas da Mata Atlântica, referentes ao período de 2015 a 2016, mostram que o Rio Grande do Norte atingiu a meta de desmatamento zero desse bioma. O documento foi produzido pela Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).
Apesar dos números nacionais apontarem o desflorestamento de 291 km² do bioma no período de estudo, o Rio Grande do Norte apresentou apenas seis hectares de Mata degradados, quando o limite para estar no nível de desmatamento zero são 100 hectares.
O trabalho de preservação e conservação da Mata Atlântica é desenvolvido em 38 municípios do RN pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do RN (Semarh) e do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).
“O IDEMA segue rigorosamente a lei da Mata Atlântica, bem como a lei 12.651/2012 do código florestal. Trabalhamos firme na fiscalização das áreas de proteção ambiental para coibir qualquer indício de desmatamento do bioma”, ressaltou Rondinelle Oliveira, Diretor-geral do Idema.
(Foto: Parque das Dunas – Acervo Idema).
Para continuar as ações de preservação do bioma, a Semarh iniciará nos próximos dias uma série de reuniões com os municípios para discutir a elaboração dos planos municipais de Mata Atlântica.
“O governo tem somado esforços para garantir que os ecossistemas de mata, restinga e manguezal, que fazem parte da Mata Atlântica no Rio Grande do Norte permaneçam preservados. Para isso, estamos em diálogo com os municípios e colaborando para a criação dos planos”, afirmou o secretário da Semarh, Ivan Júnior.
Na última sexta-feira, 23, o secretário adjunto da Semarh, Mairton França, participou do 3° Encontro dos Secretários de Meio Ambiente e dos Estados da Mata Atlântica, no Rio de Janeiro, onde apresentou a situação do bioma no RN e as ações que estão sendo desenvolvidas pelo governo estadual.
“Em 2015, assinamos um documento juntamente com outros 16 estados, com o compromisso de bater a meta de desmatamento zero e ampliar a cobertura vegetal nativa. Dois anos depois, nos reunimos novamente, mostramos que o Rio Grande do Norte obteve resultados positivos e estamos empenhados para melhorar ainda mais os números”, disse Mairton.
Plano de Manejo do Parque das Dunas
No primeiro semestre do ano passado, o Idema iniciou a revisão do Plano de Manejo do Parque das Dunas que era de 1989. Uma equipe de 25 técnicos está fazendo o levantamento do meio físico (relevo, geologia, solo), biológico (fauna e flora) e socioeconômico, com o objetivo não só de atualizar as informações, mas também buscar ferramentas para cada vez mais mantê-lo preservado.
Com o estudo, já foram descobertas mais de 200 espécies novas de flora e fauna. O órgão ambiental está também retirando algumas espécies de plantas exóticas encontradas no local e doando-as com o objetivo de manter o bioma do parque.
O Parque das Dunas, maior parque urbano do país sobre dunas (com cerca de 1.170 hectares), é apenas um das principais reservas de Mata Atlântica no Rio Grande do Norte. Além do parque, o RN ainda conserva outros remanescentes do bioma, como a Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guaraíras, que possui 290.88 hectares de Mata Atlântica, e a APA Piquiri-una que abrange cinco municípios da região agreste do estado.
Cercamento do Parque Estadual Mata da Pipa (PEMP)
Outra ação de destaque de preservação da Mata Atlântica é o cercamento do Parque Estadual Mata da Pipa (PEMP), iniciado neste mês de junho. Localizado na APA Bonfim-Guaraíras, em Tibau do Sul, o perímetro do PEMP compreende 11,3km e está recebendo cercas de concreto.
O trabalho conta com o apoio dos moradores da região e visa preservar toda a área do parque. A obra tem recursos próprios do Idema e deverá ser concluída em no máximo 90 dias.
(Foto: PEMP – Ronaldo Diniz).
Reflorestamento da Mata do Pilão
A Mata do Pilão, localizada dentro da APA Piquiri-UNA recebeu no último mês de maio cerca de 3.000 mudas de plantas nativas. A área que é de grande importância para o lençol freático da bacia Piquiri-Uma, foi atingida por um incêndio em outubro de 2016.
Em visita ao local no início deste ano, a equipe técnica do Idema constatou uma regeneração natural da área. Para acelerar o processo de recuperação da mata, órgão ainda realizou um mutirão para o plantio de milhares de mudas de Pau-brasil, Ipê Amarelo, Ipê Roxo, Jatobá, Sucupira, entre outras.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

charge2606
Quadrilha mossoroense vence segundo festival na semana e representará RN no Nordestão
Com tema épico, Lume da Fogueira representará o RN no Nordestão de Quadrilhas Juninas, no Piauí - Foto: Júnior Santos

Quadrilha mossoroense vence segundo festival na semana e representará RN no Nordestão

Sete quadrilhas estilizadas elevaram a temperatura e a ansiedade no Ginásio de Esportes Senador Luiz de Barros, em São Gonçalo do Amarante, onde disputaram o título de campeã da 19ª edição do Arraiá Quatrocentão, neste sábado (24).
Com casa lotada, a cidade de São Gonçalo foi palco da disputa mais acirrada entre as maiores quadrilhas juninas do estado, que este ano teve como vencedora, com 49 pontos de cinco jurados, a mossoroense ‘Lume da Fogueira’ com o tema: “A Caravana da Ilusão”. O grupo que já havia vencido o Festival Estadual em Mossoró, vai representar o Rio Grande do Norte no Nordestão de Quadrilhas Juninas 2017 – realizado pela União Nordestina de Entidades Juninas (UNEJ), em Teresina, no Piauí.
Em sua apresentação, a Lume da Fogueira fez seus dançarinos se transformarem em atores, mágicos, equilibristas e até mesmo em homem perna de pau. Com máscaras e muito brilho, o arraiá ainda trouxe uma ‘rainha do milho’ que dançava sobre tablados nas mãos dos dançarinos, o que levou o público ao delírio, além dos variados vestidos trocados pela realeza em três momentos.
Por diferença de um ponto, a Junina São João, de Natal, ficou em segundo lugar. Seu tema “VidaMorte” contou a história da morte que, encantada com a magia da festa do menino São João, se apaixonou pela beleza da vida. Ciganos se uniram ao rei e rainha e brindaram o amor dos noivos, contagiando o público que aplaudiu de pé a última apresentação da noite.
Em terceiro lugar ficou a campeã do Quatrocentão 2016, a Balão Dourado (Natal), com o tema: É Tudo Truque. Também brilharam na final a Brejo de Ouro (Brejinho), Arraiá Beijoqueiro (Natal), Sonho Junino (Ceará Mirim) e a Cabaço (Natal). A campeã na categoria tradicional foi a Sertão Junino (Barcelona/RN), seguida da Brilho Matuto e Zé Matuto.
O Festival Arraiá Quatrocentão é realizado pela Liga de Quadrilhas Juninas Tradicionais e Estilizadas do RN – LIQUAJUTERN e TV Ponta Negra, em parceria com a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Fundação Cultural Dona Militana.

sábado, 24 de junho de 2017

MCJ 2017 – Lume da Fogueira e Matuteiros do Sertão se consagram campeãs na Arena Deodete Dias

MCJ 2017 – Lume da Fogueira e Matuteiros do Sertão se consagram campeãs na Arena Deodete Dias

A Arena Deodete Dias estava lotada para conferir o Concurso Municipal de Quadrilha Tradicional e Estilizada do Mossoró Cidade Junina 2017 que aconteceu na noite desta quinta-feira, 22. Ao todo 08 quadrilhas estavam concorrendo na categoria tradicional, e mais 3 grupos juninos concorriam na categoria estilizada. O público mossoroense apaixonado por quadrilha compareceu em peso para prestigiar os grupos juninos de Mossoró.
Na categoria Quadrilha Tradicional a grande campeã foi a Matuteiros do Sertão. A quadrilha sediada no bairro Belo Horizonte levou mais um troféu para casa. “Estamos muito felizes com o resultado do trabalho de toda uma equipe que se empenhou para conquistar o título de melhor quadrilha tradicional de Mossoró. Dedicamos essa vitória a cada um dos nossos componentes”, disse André Câmara, presidente da Quadrilha Matuteiros do Sertão.
E mais uma vez a Cia Lume da Fogueira levou para casa mais uma vitória das muitas conquistadas nos seus 19 anos de fundação. A Caravana da Ilusão apresentada pela quadrilha conquistou o público e também a maiores notas dos jurados.
“Essa vitória chega em um momento muito importante para a nossa quadrilha. Estamos completando 19 anos e decidimos parar nossas atividades. Então esse título veio para encerrar um ciclo de vitórias”, explicou Adriano Duarte, marcador da Lume da Fogueira.

– Confira o resulta completo do Concurso Municipal de Quadrilha Tradicional e Estilizada do Mossoró Cidade Junina 2017

– Quadrilha Tradicional
1º Lugar: Matuteiros do Sertão
2º Lugar: Sonho do Sertão
3º Lugar: Nação Junina

– Quadrilha Estilizada
1º Lugar: Lume da Fogueira
2º Lugar: Zé Matuto
3º Lugar: Boneca de Pano

sexta-feira, 23 de junho de 2017

PLACAR E CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL SÉRIE A

22 Jun2017

Por Jbelmont às 22h54

9ª Rodada / Resultados


Vitória-BA 0x2 Santos-SP
Botafogo-RJ 3x1 Vasco da Gama-RJ
Palmeiras-SP 1x0 Atlético-GO
Atlético-MG 2x2 Sport-PE
Atlético-PR 1x0 São Paulo-SP
Avaí-SC 0x3 Fluminense-RJ
Corinthians-SP 3x0 Bahia-BA
Ponte Preta-SP 1x0 Cruzeiro-MG
Flamengo-RJ 5x1 Chapecoense-SC
Grêmio-RS 2x0 Coritiba-PR


CLASSIFICAÇÃO PG JG VI SG 


1 Corinthians-SP 23 9 7 12
2 Grêmio-RS 22 9 7 13
3 Santos-SP 16 9 5 3
4 Botafogo-RJ 15 9 4 4
5 Coritiba-PR 15 9 4 3
6 Fluminense-RJ 14 9 4 1
7 Ponte Preta-SP 14 9 4 0
8 Flamengo-RJ 14 9 3 7
9 Palmeiras-SP 13 9 4 4
10 Chapecoense-SC 13 9 4 -4
11 Vasco da Gama-RJ 12 9 4 -8
12 Cruzeiro-MG 11 9 3 -1
13 Atlético-PR 11 9 3 -6
14 São Paulo-SP 10 9 3 1
15 Bahia-BA 10 9 3 0
16 Atlético-MG 10 9 2 -2
17 Sport-PE 9 9 2 -5
18 Vitória-BA 8 9 2 -3
19 Atlético-GO 6 9 2 -9
20 Avaí-SC 5 9 1 -10
Faturamento de empresas do turismo cresce 4,3% no primeiro trimestre
morro-do-careca-ponta

Faturamento de empresas do turismo cresce 4,3% no primeiro trimestre

A expectativa de reação da economia e o aumento da demanda doméstica tiveram impacto positivo no faturamento médio das empresas de turismo no primeiro trimestre deste ano. Segundo o Boletim de Desempenho Econômico do Turismo (BDET), estudo do Ministério do Turismo, o crescimento foi de 4,3%, de janeiro a março, na comparação com o mesmo período de 2016.
Os aumentos no faturamento médio foram registrados em cinco dos sete segmentos pesquisados. Variam de 21,3%, caso das operadoras de turismo, a 3,4% em parques e atrações turísticas. Entre as organizadoras de eventos, o crescimento foi 6,9%, enquanto nas agências de viagens houve alta de 5,7%, e no transporte aéreo de 5,4%. Os meios de hospedagem registraram queda de 0,4%, enquanto no turismo receptivo a baixa foi de 6,4%.
As perspectivas para o próximo trimestre são favoráveis, uma vez que 70% do setor manifestou a intenção de investir o montante de 10,3% do faturamento apurado.  No transporte aéreo, a expectativa de novos aportes nos negócios atinge 100% das empresas pesquisadas e nas operadoras de turismo 86%. As principais áreas a serem beneficiadas com os aportes de recursos são marketing e promoção de vendas, compra de novos materiais e treinamento de funcionários.
“Mais uma vez o turismo mostra que tem tudo para ajudar o Brasil a sair da crise. Acredito que o nosso setor pode se transformar numa ferramenta ainda mais eficaz de desenvolvimento se alguns ajustes propostos forem feitos”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. Em abril, o Ministério do Turismo lançou o Brasil + Turismo, um pacote de medidas para fortalecer o turismo com ações para enfrentar gargalos históricos do setor e de facilitação de viagens.
DESEMPENHO – As empresas atribuem o bom desempenho dos negócios à expectativa de reação da economia e ao aumento da demanda interna por viagens. Dados do setor aéreo, por exemplo, revelam que houve crescimento de 5,4% na demanda por voos domésticos em março, em comparação com o mesmo período do ano passado. “É importante destacar que o aumento da procura por voos acontece em meio à retomada do turismo de negócios e maior número de feriados prolongados”, destaca o boletim elaborado pela Fundação Getulio Vargas.
Como fatores inibidores da expansão dos negócios, as empresas apontam o momento econômico ainda desfavorável e os custos operacionais e financeiros. Para esta edição do Boletim de Desempenho Econômico do Turismo (BDET) foram ouvidas 782 empresas, que geram 70,1 mil postos de trabalho e tiveram faturamento de R$ 8,2 bilhões no trimestre.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Aumento da violência prejudica estoque de sangue do Hemocentro de Mossoró
Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e estar com boa saúde.

Aumento da violência prejudica estoque de sangue do Hemocentro de Mossoró

O Hemocentro Regional de Mossoró atende cerca de 630 mil moradores espalhados por 42 municípios do Rio Grande do Norte. De acordo com a assistente social Eciram Silveira, o número de doações, tanto de primeira vez, quanto de repetição, está crescendo, mas como a violência também é crescente, a demanda aumentou. Este cenário afeta o estoque de sangue da unidade, que tem dificuldade de atrair doadores devido à localização.
“Nós ficamos no extremo da cidade. Por isso temos dificuldade de o doador vir para cá. A gente tem uma meta de colher por mês cerca de mil bolsas de sangue, essa meta foi crescendo com o tempo. Desde o ano passado que Mossoró e região teve um aumento considerável na violência urbana. Então, em virtude das urgências e emergências, que é aquele sangue que a gente não prevê que vá ser utilizado, tivemos um aumento considerável na demanda”, disse a assistente social.
Para driblar o problema, o Hemocentro de Mossoró valoriza a fidelização de doadores. Para o advogado Diego do Vale, 33 anos, solteiro, morador do bairro Alto da Conceição, a falta de interesse do cidadão em doar sangue atrapalha a melhora da situação do hemocentro. Ele garante que o ato solidário, além de fazer bem a tanta gente que precisa de sangue, faz o doador se sentir muito bem.
“Eu acredito que é uma forma de você retribuir, de você agradecer pela saúde que tem. Eu confesso que eu me sinto muito bem quando eu vou lá, faço a minha doação. É um negócio assim que eu faço de coração mesmo, uma forma de você ajudar o próximo. Principalmente quando você faz isso de forma voluntária, espontânea, que você está fazendo para uma pessoa que você não sabe nem quem é. Acho que não falta esclarecimento do povo, falta só um pouco mais de interesse de ir lá com mais periodicidade”, afirma.
Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e estar com boa saúde.  O Hemocentro de Mossoró está localizado na Rua Projetada, no Setor Aeroporto, ao lado do Hospital Regional Tarcísio Maia.  O atendimento é de segunda a sábado, 7h às 18h. O telefone é 3315-3102.
Além do Hemocentro de Mossoró, o Rio Grande do Norte conta com outras duas unidades: em Natal e em Caicó. Já os centros de coleta são em Currais Novos e Pau dos Ferros. Há também duas unidades móveis que atendem toda a região metropolitana de Natal até Parnamirim.
Para mais informações sobre doação de sangue, acesse saude.gov.br/doesangue.
Com informações da Agência Rádio.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Missa de Sétimo Dia de Wilma nesta quarta na Catedral

20 Jun2017

Por Jbelmont às 22h20


Familiares e amigos da ex-governadora Wilma de Faria organizam mais uma emocionante homenagem à guerreira para quarta-feira, 22, quando acontecerá sua Missa de Sétimo Dia na Catedral Metropolitana.  
 
A cerimônia, marcada para começar às 18h, ficará a cargo do arcebispo Dom Jaime e concelebração do pároco Valdir, com participação de diversos padres.

terça-feira, 20 de junho de 2017

ANA proíbe captação de água às quarta-feiras no Rio São Francisco

Foto: EBC
Resolução da Agência Nacional de Águas (ANA) publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 20, cria o Dia do Rio. A medida proíbe a captação de água na bacia do Rio São Francisco às quartas-feiras, exceto para abastecimento humano ou animal.
 
A regra vale da próxima quarta (21) até 30 de novembro de 2017, quando está previsto o fim do período seco, mas poderá ser prorrogada caso atrase o início do período de chuvas na região.
 
De acordo com o documento, a medida tenta evitar que a represa de Sobradinho, na Bahia, chegue ao volume morto.  Chove abaixo da média na bacia do São Francisco há sete anos.
 
“Considerando que as afluências para o reservatório de Sobradinho no período úmido 2016/2017 foram as piores do histórico já registrado e que há dúvidas sobre o comportamento do próximo período chuvoso, aumentando a necessidade de se preservar os volumes estratégicos nos reservatórios e aumentar a segurança hídrica da bacia”, diz trecho da Resolução.
Cavalgada na Rota do Trem percorre 130 quilômetros até Mossoró
A Cavalgada contou com caravanas de Patú, Caraúbas, Almino Afonso, Governador Dix-sept Rosado e Mossoró.
A Cavalgada contou com caravanas de Patú, Caraúbas, Almino Afonso, Governador Dix-sept Rosado e Mossoró.

Cavalgada na Rota do Trem percorre 130 quilômetros até Mossoró

Ao chegar nas ruas mossoroenses, guiados pelo Pau-de-arara eletrônico, os cavaleiros da I Cavalgada Rota do Trem concluíram 130 quilômetros em dois dias e meio. A atividade faz parte da programação do Mossoró Cidade Junina 2017 e fez o caminho da antiga ferrovia, saindo de Patú até a capital do Oeste Potiguar.
A Cavalgada contou com a participação de caravanas dos municípios de Patú, Caraúbas, Almino Afonso, Governador Dix-sept Rosado e Mossoró, que chegaram à cidade por volta das 9h30 do domingo, 18, seguindo para o Parque de Exposições de Animais Armando Buá, onde foram recepcionados com um almoço.
Thiago Bento, da caravana de Almino Afonso, veio desde o início do percurso e já pensa em uma próxima cavalgada para o ano que vem.
“Foi muito prazeroso percorrer estes caminhos. Fomos muito bem recebidos em todos os municípios que passamos, fomos bem tratados e os animais bem alimentados. Além disso, é um resgate à nossa cultura”, disse.
O deputado federal Beto Rosado acompanhou a cavalo todo o trajeto em Mossoró e destacou a importância do resgate às culturas dos nordestinos.
A prefeita Rosalba Ciarlini destacou a diversidade cultural em torno do Mossoró Cidade Junina e lembrou da antiga ferrovia que ligava Mossoró a outros municípios.
“Era não só um transporte, mas um meio de geração de emprego e renda. Estão de parabéns todos os cavaleiros e à amazona que fizeram este percurso, que venham os próximos”, afirmou.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Potiguar perde para o Guarany e passa a cumprir tabela na Série D do Brasileirão
Mastrilo Veiga: "Houve falha de planejamento"

Potiguar perde para o Guarany e passa a cumprir tabela na Série D do Brasileirão

O Potiguar de Mossoró recebeu o Guarany de Sobral neste domingo para a penúltima rodada do Grupo A5, da Série D, do Campeonato Brasileiro de Futebol.
Em partida realizada no estádio Edgarzão, em Assú, a equipe mossoroense voltou a perder, e não tem mais chance de classificação, faltando uma rodada para o fim da fase de classificação. A equipe cearense abriu o placar com Elanardo e ampliou com Gilmak.
A equipe mossoroense conseguiu fazer o gol de honra com Edson Capacete, aos 48 da etapa complementar. O Potiguar precisava vencer, e torcer pelo resultado da outra partida do grupo, realizada entre River (PI) e Maranhão, para se manter vivo na competição.
Com o resultado, o Guarany de Sobral passa a ocupar a liderança do grupo com 10 pontos ganhos. O River (PI) vem logo em seguida com 9 pontos e o Maranhão soma 7. Com mais uma derrota, o Potiguar se consolida na lanterna do grupo com 2 pontos, e jogará a última partida para cumprir tabela.
A despedida do Potiguar da Série D está marcada para o próximo domingo, 25, em partida contra o Maranhão.
Após a partida o técnico Mastrilo Veiga concedeu entrevista e destacou que o Potiguar pecou no planejamento da competição o que dificultou a obtenção de melhores resultados.
“A Série D não é um campeonato fácil. Cheguei com a disputa em andamento e não houve como contornar os problemas. Houve falha de planejamento”, destacou o técnico.
charge
Ufrn e Ufersa na lista das 50 melhores universidades do País
Ufersa aparece na 32ª posição do Índice Geral de Cursos (IGC) anunciada pelo MEC
Ufersa aparece na 32ª posição do Índice Geral de Cursos (IGC) anunciada pelo MEC

Ufrn e Ufersa na lista das 50 melhores universidades do País

O Rio Grande do Norte emplacou duas universidades na lista das 50 melhores instituições de ensino superior do País.
As instituições constam no Índice Geral de Cursos (IGC) referente ao ano de 2015. O indicador divulgado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), avalia as instituições de ensino superior de todo o País.
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Ufrn) aparece na 25ª posição do ranking. Já a Universidade Federal Rural do Semi Árido (Ufersa) aparece na 32ª posição. O Rio Grande do Norte aparece ainda em posição de destaque na lista de centros universitários que é encabeçada pela Facex, de Natal.
Do top 50, 37 são federais, sendo que a maioria (dez) está localizada em Minas Gerais. Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul têm quatro instituições cada, enquanto São Paulo tem três. Ceará, Distrito Federal, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte e Santa Catarina possuem duas universidades cada.
Por fim, Bahia, Espírito Santo, Goiás e Paraíba têm uma instituição cada.
Apesar de as universidades estaduais aparecerem em número inferior ao de federais, o ranking é liderado por uma dessas instituições, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).
A USP (Universidade de São Paulo) não aparece na lista de instituições avaliadas porque não participa do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), prova que é utilizada como base para elaboração da nota.
Em relação às faculdades, o ranking de melhores do País é liderado por duas instituições privadas ligadas à FGV (Fundação Getulio Vargas): a Escola Brasileira de Economia e Finanças, no Rio de Janeiro, e a Escola de Economia de São Paulo.
Em terceiro lugar aparece o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), em São José dos Campos (SP), que é federal e é referência em cursos de Engenharia.
A lista de centros universitários é encabeçada pela Facex, de Natal, no Rio Grande do Norte, que é privada e sem fins lucrativos.
Em segundo lugar está a Facvest, de Santa Catarina, que também é privada. O Centro Federal De Educação Tecnológica De Minas Gerais ocupa a terceira colocação.

AREIA BRANCA COMEMORA 90 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA Jacó Costa   20:17:00   Comentarios A Prefeitura de Areia Branca montou um...