sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Padre Flávio Augusto assume cargo na direção da Faculdade Diocesana

Crédito da foto: CedidaPadre Flávio Augusto (à dir), ao lado de padre Charles e dom Mariano Manzana em solenidade
O padre Flávio Augusto Forte, pároco-geral da Diocese de Mossoró, tomou posse como vice-diretor da Faculdade Diocesana de Mossoró. Ele assume o cargo em sucessão ao padre Crisanto Borges. O diretor da instituição de ensino superior é o padre Charles Lamartine.
A solenidade aconteceu na noite desta segunda-feira (19), na abertura do ano letivo 2018. A cerimônia realizada na capela do Colégio Diocesano Santa Luzia foi presidida pelo bispo dom Mariano Manzana, com as presenças de outros 22 padres do Clero Diocesano, que estão reunidos esses dias na cidade-praia de Tibau para semana de estudos.
A FDM inicia este semestre 2018.1 com seis cursos de graduação, devendo abrir mais dois já no próximo vestibular. Hoje funcionam turmas de Psicologia, Fisioterapia, Ciências Contábeis, Gastronomia, Administração e Teologia. O curso de Nutrição já teve sua autorização publicada, enquanto Direito está em processo de avaliação pela equipe do Ministério da Educação.
PÓS-GRADUAÇÃO
A nova campanha de pós-graduação da Faculdade Diocesana de Mossoró será lançada nesta quinta-feira, 22. O coquetel de apresentação dos 15 cursos de formação será na própria instituição, a partir das 19h30.
Eunício Oliveira determina que todas as PECs parem de tramitar no Senado
eunício oliveira

Eunício Oliveira determina que todas as PECs parem de tramitar no Senado

O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB-CE), determinou na segunda-feira (19) à Mesa Diretora da Casa que nenhuma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) deve tramitar, inclusive nas comissões, enquanto vigorar o decreto de intervenção federal no Rio de Janeiro. Depois de participar da reunião dos Conselhos de Defesa Nacional e da República, no Palácio da Alvorada, Eunício declarou que obedecerá à legislação que impede os parlamentares de aprovarem emendas constitucionais, inclusive a da reforma da Previdência.
“Nenhuma PEC tramitará, não precisa a oposição entrar com pedido de liminar, absolutamente nada, porque nenhuma PEC tramitará. O mandamento constitucional no Artigo 60, item 1º, determina que, em estado de sítio, em estado de defesa ou em intervenção, nenhuma PEC poderá tramitar, portanto não haverá mudança na Constituição”, explicou Eunício.
O presidente afirmou que o Congresso tem um número alto de quase 190 PECs tramitando e que não há necessidade de se fazer neste momento nenhuma emenda constitucional. Durante a reunião com o presidente Michel Temer, o senador disse que foram levantadas outras pautas, como segurança e microeconomia, que devem ser priorizadas no Congresso.
Questionado se Temer concordou com a suspensão da tramitação de todas as PECS, Eunício disse que o presidente, por ser um constitucionalista, jamais adotaria um posicionamento contrário à Constituição. Logo após assinar do decreto de intervenção, Temer declarou que o suspenderia se a reforma da Previdência reunisse o número mínimo de votos necessários para ser aprovada no Congresso.
“Não há previsão constitucional de suspensão de decreto. Ele pode a qualquer momento suspender o decreto, mas como? Extinguindo a intervenção no Rio de Janeiro. Se for pra fazer uma intervenção, chamar todos nós, fazer a intervenção e daqui a cinco dias dizer que foi um equívoco porque precisa votar matéria A ou matéria B, não teria sentido ter feito a intervenção”, argumentou Eunício.
O presidente do Senado sinalizou ainda que, politicamente, não seria possível revogar o decreto e assinar outro em seguida a fim de beneficiar a aprovação de qualquer matéria no Congresso.
“Nem o presidente Temer nem ninguém fará com que o presidente do Senado e do Congresso Nacional mude a posição por conveniência. (…) Se ele revogasse [o decreto] , extingui-se a intervenção no estado do Rio de Janeiro automaticamente. Aí para fazer uma nova intervenção eu não sei se teria aí a condição política de se fazer, teria que fazer todo o trâmite novamente. Então, o que a sociedade ia dizer, o que iriamos dizer no Conselho? Que não havia a necessidade da intervenção. E ela é necessária.”, completou
Eunício disse que vai pautar o decreto de intervenção na segurança do Rio no dia seguinte em que ele for aprovado na Câmara. O senador disse que a complementação de recursos para realização das ações no Rio, que ainda não foi definida pelo governo, também deve ser aprovada pelos parlamentares por meio de projeto de lei do Congresso Nacional.
Agência Brasil. 

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Josirene Ribeiro admite sérios problemas financeiros e dissabores com o torcedor

Crédito da foto: ArquivoA presidente admitiu que os últimos dias foram complicados para o convívio social
A presidente do Baraúnas, Josirene Ribeiro, afirmou nesta quarta-feira, 21, que a situação do tricolor é bem complicada, mas admitiu que a diretoria está se esforçando para trazer reforços na luta contra o rebaixamento.
“Estamos trabalhando para trazer uns quatro a cinco jogadores, acho que para esse jogo com o América não dará tempo para colocar esses atletas em campo (regularizar), mas para o segundo jogo contra o ABC”, disse ela.
A previsão é que o técnico que vai suceder Williams Rodrigues, dispensado após a derrota para o Força e Luz, se apresentará ao clube até esta sexta-feira.
A presidente do tricolor disse que o Baraúnas é um clube endividado, o que comprometeu o planejamento para 2018, e, além disso, sofre com o distanciamento dos tradicionais abnegados.
“Estamos sentindo o distanciamento dos abnegados. Antes, eles chegavam, colaboravam; agora não”, disse.
“Acho que eles já botaram tanto (dinheiro) e agora se cansaram.”
Josirene admitiu que os últimos dias foram complicados para o convívio social devido aos aborrecimentos que tem sofrido da torcida leonina nas ruas e também nas redes sociais.
“Não tem sido fácil para mim lidar com essa situação. O torcedor, que não colabora para o clube sair dessa situação, é o que mais cobra. Mas não vou desistir. A nossa briga é contra o rebaixamento e tenho fé em Deus que vamos escapar”, acredita.
Esse momento delicado por que passa o clube na tabela de classificação, com apenas um ponto em sete partidas, bem como os aborrecimentos, entende Josirene, poderia ter sido evitado se a Prefeitura não tivesse prometido que iria apoiar.
Segundo ela, houve a promessa e até agora não há sinal algum de patrocínio.
“Se não tivesse tido a promessa da Prefeitura, não teria colocado o time no campeonato”, disse.
Por fim, a presidente do Baraúnas não adiantou como e quando será possível levantar dinheiro para promover uma pequena reformulação no elenco; disse apenas que a possibilidade existe em “reforçar o time” contra a queda para a segunda divisão, o que seria inédito na história do clube.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Charge 21.02

Congresso aprova R$ 2 bilhões para as prefeituras. Mossoró receberá R$ 1.834 mi

Crédito da foto:
O Congresso Nacional aprovou o Projeto de Lei (PLN) 1/18, que abre crédito especial de R$ 2 bilhões para as prefeituras aplicarem em educação (R$ 600 milhões), saúde (R$ 1 bilhão) e assistência social (R$ 400 milhões).
Do total cancelado para conseguir os R$ 2 bilhões, R$ 980 milhões são de emendas parlamentares cuja execução não é obrigatória.
A matéria foi aprovada em votação simbólica e irá à sanção.
O Rio Grande do Norte receberá quase R$ 50 milhões para os 167 municípios, sendo que a gra nde parte será dividida com Natal, Mossoró e Parnamirim.
Natal: R$ 6.185 milhões;
Mossoró: R$ 1.834 milhão;
Parnamirim: R$ 1.834 milhão.
A maior parte dos municípios potiguares (98), com coeficiente 0.6, vão receber cada um R$ 172.970 mil.
Os municípios de coeficiente 0.8, que são 29 ao todo, vão ter direito cada um a R$ 230.627 mil.
Outras 13 prefeituras com coeficiente 1.0 receberão cada um R$ 288.284 mil.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Charge 20.02

Após quase 615 minutos sem marcar, Baraúnas perde do Força e Luz e cai para a lanterna

Crédito da foto: Reprodução/whatsappO Leão do Oeste perdeu por 3 a 1 para o Força e Luz nesta tarde de segunda-feira
O Baraúnas continua firme e forte no seu calvário neste Campeonato Estadual. Na tarde desta segunda-feira, 19, o Leão do Oeste perdeu por 3 a 1 para o Força e Luz. O duelo dos desesperados foi realizado na Arenadas Dunas, em Natal, e válido pela sétima rodada do primeiro turno da competição. Esta foi a sexta derrota em sete partidas disputadas pelo tricolor mossoroense na Copa Cidade do Natal.
Os quatro gols saíram no segundo tempo. O Time Elétrico saiu na frente aos 22 minutos através do volante Rafael Potiguar. Os visitantes empataram aos 29 minutos. O gol foi do atacante Ju. Este foi o primeiro gol dos mossoroenses nesta atual edição do Campeonato Potiguar. O clube passou 614 minutos sem marcar nenhum gol. Quatro minutos depois o Forcinha ficou a frente novamente do placar com o zagueiro Artur. Nos acréscimos da partida o Força e Luz fez o terceiro através de Felipe Moreira.
O revés coloca o Baraúnas na lanterna do torneio. O time da Capital do Oeste somou apenas um ponto em 21 disputados. Com a vitória, o Força e Luz entregou a lanterna para a equipe comandada por Williams Rodrigues.
O Força e Luz estreia no segundo turno do Estadual nesta quinta-feira, 22. A equipe enfrenta o América, na Arena das Dunas, às 20 horas. Já a estreia do Baraúnas também será contra o América, mas somente no domingo, 25, às 17 horas.
Empresas de Mossoró puxaram aumento das exportações em 2017

Empresas de Mossoró puxaram aumento das exportações em 2017

O valor médio exportado por empresas no Rio Grande do Norte foi maior no ano de 2017 do que no ano anterior: 142 empresas exportaram US 304,5 milhões enquanto no ano anterior o total exportado foi de US 284,7 milhões por 147 empresas, de acordo com dados do MDIC-Ministério do Desenvolvimento, Comércio Exterior e Serviços.
A alta de 7% no total em vendas em 2017 foi liderada pelas empresas mossoroenses Agrícola Famosa (frutas frescas, em especial o melão) e Usibrás (castanha de caju) seguidas da Vicunha (tecidos) com sede no Distrito Industrial de Natal.
Se em 2016 a Usibrás foi a maior exportadora potiguar ocupando a 989º lugar no ranking nacional, desta vez em 2017 a liderança ficou sob a responsabilidade da Agrícola Famosa, ocupando o 890º lugar. No Brasil foram registradas 24,6mil empresas exportadoras, segundo o MDIC.
A concentração geográfica das maiores empresas exportadoras estaduais, em função da predominância da fruticultura (melão, melancia, castanha de caju etc), está na região mossoroense: das empresas que exportaram mais de US 5 milhões no ano que passou, 8 estão em Mossoró. Já na Grande Natal, apenas três outras também ultrapassaram esta marca.
As líderes do mercado externo no RN, com exportações em 2017 acima de US 10 milhões foram, nesta ordem: Agrícola Famosa, Usibrás, Vicunha, Mata Fresca (frutas frescas), Salinor (sal) e Bollo Brasil (frutas frescas).
As líderes do mercado externo no RN, com exportações em 2017 acima de US 10 milhões foram, nesta ordem: Agrícola Famosa, Usibrás, Vicunha, Mata Fresca (frutas frescas), Salinor (sal) e Bollo Brasil (frutas frescas).

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Charge 19.02

Neymar manteve contrato de exclusividade com a Globo na Copa de 2014, diz jornal

Crédito da foto: Reprodução/TV GloboA informação foi publicada nesta segunda-feira pela Folha de S. Paulo
A Folha de S. Paulo desta segunda-feira, 19, traz uma reportagem informando que o atacante Neymar teve um contrato de exclusividade com a TV Globo durante a Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil.
Segundo a publicação, o vínculo com a emissora carioca garantia participação do craque em programas e campanhas pelos menos até 2015.
De acordo com a matéria, assinada por Alex Sabino e Diego Garcia, o acordo não impedia que o atleta, à época jogador do Barcelona, atendesse outros veículos, mas  “dava regalias à Globo, como ter acesso a informações antes dos concorrentes, obter entrevistas exclusivas e outros privilégios.”
Procurada pela Folha, o departamento de comunicação da Globo disse que “o contrato citado não existe mais. Firmado em 2014, referia-se a participações especiais de Neymar em programas e em campanhas da emissora, bem como ao uso de conteúdos audiovisuais produzidos pelo jogador”.
“Questionado, Neymar disse que não tem nada a declarar sobre o assunto. Nenhuma das partes deu respostas sobre o valor do acordo”, informou a reportagem.
Ainda de acordo com a publicação, o jogador mais caro da história do futebol, participou diversas vezes de programas da emissora. Entre eles, o Domingão do Faustão, Esporte Espetacular, Fantástico e Caldeirão do Hulk.
Leia aqui matéria completa da Folha.

Cafezinho, entrevistas e foco: Vasco viaja para decisão na Bolívia

Elenco embarcou para Santa Cruz de la Sierra na manhã desta segunda-feira. Clima no Aeroporto Santos Dumont era descontraído entre jogadores

Por Bruno Giufrida, Rio de Janeiro
 
O Vasco embarcou na manhã desta segunda-feira para o jogo mais importante da equipe em 2018. O elenco faz escala em São Paulo antes de viajar para Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, onde se concentra para a partida de quarta-feira, contra o Jorge Wilstermann, às 21h45 (de Brasília), em Sucre, a 2.800 metros de altitude.
Com a vitória por 4 a 0 no jogo de ida, o Vasco pode até perder por três gols de diferença que se classifica para a fase de grupos da Libertadores. O clima, então, não poderia ser melhor - sem deixar a seriedade de lado.
Jogadores fazem pausa para o café antes do embarque (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)Jogadores fazem pausa para o café antes do embarque (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
Jogadores fazem pausa para o café antes do embarque (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
Enquanto esperavam o voo para a escala em São Paulo, os jogadores tiveram a famosa resenha num café do Aeroporto Santos Dumont. Parte do elenco seguiu direto para o saguão de embarque, mas os demais atletas permaneceram na área pública, tiraram fotos com fãs, brincaram e deram entrevistas aos jornalistas.
Os zagueiros Paulão e Erazo, que disputam uma vaga ao lado de Ricardo, por exemplo, em clima descontraído, brincaram sobre quem será o substituto.
Paulão diz que time está preparado para decisão na Bolívia (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)Paulão diz que time está preparado para decisão na Bolívia (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
Paulão diz que time está preparado para decisão na Bolívia (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
Paulão disse que o técnico Zé Ricardo ainda não definiu o titular, e Erazo fingiu uma lesão para não dar entrevista. Depois, garantiu que ambos estão preparados para jogar.
- O professor ainda não falou, mas quem entrar vai dar conta do recado - disse o zagueiro.
Wellington ataca de fotógrafo no embarque do Vasco (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)Wellington ataca de fotógrafo no embarque do Vasco (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
Wellington ataca de fotógrafo no embarque do Vasco (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
O volante Wellington atacou de fotógrafo. Um torcedor pediu para o jogador tirar uma foto dele com outros atletas e foi atendido.
Zé Ricardo preferiu não falar com a imprensa no embarque (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)Zé Ricardo preferiu não falar com a imprensa no embarque (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
Zé Ricardo preferiu não falar com a imprensa no embarque (Foto: Bruno Giufrida/GloboEsporte.com)
A seriedade, porém, não ficou de lado. O técnico Zé Ricardo, educadamente, pediu para falar apenas na véspera do jogo, como de costume. O atacante Paulinho mostrou preocupação com o confronto decisivo, o mais importante do ano até agora para o Vasco.
- Não, acho que a altitude não assusta mais que o Jorge Wilstermann. Já temos isso na cabeça, que podemos enfrentar a altitude. Chegar lá e fazer o que estamos treinando e conseguir a classificação. A gente sabe que tem que ter todo cuidado. O resultado dá tranquilidade, mas não podemos sentar na vantagem, vai ser um jogo difícil.

Padre Flávio Augusto assume cargo na direção da Faculdade Diocesana Crédito da foto: Cedida Padre Flávio Augusto (à dir), ao lado de p...