quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Potiguar perde com gol no fim da partida e Baraúnas se mantém líder após empate com ABC
América conquistou primeira vitória contra o Potiguar nos minutos finais da partida no Arena das Dunas   FOTO: FNF
América conquistou primeira vitória contra o Potiguar nos minutos finais da partida no Arena das Dunas FOTO: FNF

Potiguar perde com gol no fim da partida e Baraúnas se mantém líder após empate com ABC

Numa noite marcada por muitas dificuldades o Baraúnas não repetiu o bom desempenho da primeira rodada do Estadual Potiguar mas conseguiu um bom resultado no confronto contra o ABC no Estádio Edgarzão, em Assú.
Com uma armação tipicamente defensiva a equipe mossoroense encontrou dificuldades para superar o ABC durante todo o primeiro tempo, praticamente dominado pelo ABC.  No decorrer do primeiro tempo a equipe natalense imprimiu o ritmo da partida e em meio a pressão chegou a acertar o travessão da equipe tricolor.
No segundo tempo a equipe mossoroense conseguiu reagir e por pouco não consegue marcar na reta final do jogo. Com o empate, as equipes passam a somar quatro pontos.
No estádio Arena das Dunas, após ameaça de suspensão da partida devido a onda de violência que se espalha pelas ruas de Natal, a equipe do Potiguar não conseguiu segurar a pressão da equipe do América, e perdeu a partida contra a equipe local.
A pressão da equipe natalense começou já no início da partida. Aos dez minutos o América teve a oportunidade de abrir o placar em penalidade máxima defendida pelo goleiro Dida.
A pressão se manteve até os 42 minutos do segundo tempo quando o América conseguiu abrir o placar. Dija Baiano cruzou a bola que foi escorada para a meta da equipe mossoroense, furando o bom bloqueio mantido durante toda a partida.
Com o gol, o América conquistou sua primeira vitória, e agora soma quatro pontos, dividindo a liderança com ABC e Baraúnas.
Na outra partida da rodada o Globo venceu o Alecrim por 3 x 0. A segunda rodada do Campeonato Estadual de Futebol será encerrada nesta quinta-feira com a partida entre ASSU e Santa Cruz.

Placar de estádio em Orlando troca nomes de Corinthians e Vasco

Antes da bola rolar pela semifinal do Torneio da Flórida, placar eletrônico de estádio em Orlando cometeu gafe. E após escrever "Corinthian", opção foi usar sigla SCCP

Por Orlando, EUA


Antes do confronto entre Corinthians e Vasco, na noite desta quarta-feira, o placar do Bright House Networks Stadium, em Orlando, chamou a atenção dos torcedores brasileiros que assistiram à partida pela semifinal do Torneio da Flórida. Os nomes dos clubes saíram trocados. Abaixo do escudo do Alvinegro paulista estava escrito Vasco. E sob o símbolo do clube carioca, o nome "Corinthian". Sem a letra S final, provavelmente por falta de espaço para a última letra.
Placar (Foto: Reprodução)Placar com os nomes de Corinthians e Vasco em lugares trocados (Foto: Reprodução)
Antes de a bola rolar, o erro foi corrigido. Mas a questão de espaço para o nome Corinthians permaneceu, e a solução foi usar a sigla do clube - SCCP (Sport Club Corinthians Paulista).
Em campo, o Corinthians foi superior e venceu a semifinal do Torneio da Flórida por 4 a 1.
A equipe volta a campo no sábado, para decidir o título da competição contra o vencedor da partida entre São Paulo e River Plate, que se enfrentam nesta quinta-feira na cidade de São Petersburgo (EUA).
+ Com um time diferente em cada tempo, Corinthians goleia o Vasco nos EUA

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Caern aproveita presença de veranistas para instalar hidrômetros em residências de Tibau
Companhia tem a meta de medir todas as ligações de água na cidade praia
Companhia tem a meta de medir todas as ligações de água na cidade praia

Caern aproveita presença de veranistas para instalar hidrômetros em residências de Tibau

Neste período de veraneio, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está instalando hidrômetros na praia de Tibau. O setor comercial da empresa aproveita a presença dos proprietários das residências para que a empresa contratada HL Engenharia faça a instalação e substituição dos medidores. O objetivo é medir todas as ligações de água da Companhia na cidade.
Serão instalados 460 novos hidrômetros e substituídos 490 medidores que têm mais de 8 anos de uso. A instalação dos equipamentos é necessária para medir o real consumo dos imóveis e combater o desperdício de água.
Também neste período de veraneio, a Caern substituiu o conjunto motobomba da cidade para garantir uma vazão de mais do que o dobro da normal para atender veranistas e visitantes da cidade. No período de baixa estação o sistema de abastecimento de água funciona com um grupo motor bomba com uma vazão de 120 mil litros de água por hora. Para atender ao aumento da população no período do veraneio, a Caern passa a bombear 260 mil litros de água por hora. A medida operacional permanece até depois do Carnaval.
Aumentar o fornecimento de água no período de veraneio em Tibau é necessário porque muitos mossoroenses passam a fixar residência na praia o que aumenta o consumo de água. Além disto, as residências recebem uma maior quantidade de pessoas porque os familiares e amigos estão sempre visitando as casas, seja na cidade ou nas proximidades da praia.
O aumento da oferta de água, porém, não significa que as pessoas desperdicem o produto. As temperaturas elevadas durante o verão aumentam o consumo de água. Existe uma tendência natural de mais banhos e uso da água. No momento em que atravessamos uma das piores secas já registradas no Rio Grande do Norte, cada morador tem o dever de contribuir com o consumo consciente de água e fazer a revisão periódica de sua residência para evitar perda de água no sistema hidráulico.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017


Eurico afirma que Luis Fabiano
jogará no Vasco se voltar ao Brasil

Presidente garante contratação caso jogador rescinda o contrato com o Tianjin Quanjian, da China, e promete equipe forte para 2017: "Quem viver verá"

Por Rio de Janeiro
Luis Fabiano Tianjin Quanjian (Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com)Luis Fabiano, durante treino no Tianjin Quanjian (Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com)
O presidente do Vasco, Eurico Miranda, está confiante na contratação do atacante Luis Fabiano. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, durante a apresentação do meia Wagner, o dirigente garantiu que o centroavante jogará na equipe carioca se rescindir com o Tianjin Quanjian, da China.
- Eu não ia falar nada, mas... Se ele (Luis Fabiano) voltar, volta para o Vasco. Pronto - disse Eurico Miranda.
VEJA A APRESENTAÇÃO DO MEIA WAGNER
A ser confirmado no Vasco, Luis Fabiano assinará contrato de dois anos. Ele, inclusive, começou a buscar informações para tratar da mudança para o Rio de Janeiro. Enquanto isso, porém, o centroavante segue vinculado ao Tianjin Quanjian e está na China para acertar sua rescisão ou confirmar a permanência na equipe.
Durante a entrevista coletiva, Eurico Miranda também garantiu que cumprirá a promessa de contratar quatro jogadores de peso para a temporada. Segundo ele, Wagner, Muriqui e Escudero se encaixam neste perfil e, portanto, resta apenas um nome.
O Vasco está montando um time para ir para as cabeças. E vai para as cabeças"
Eurico Miranda
- Vou cumprir aquilo que eu falei. Aqueles que não acreditavam vão começar a ver as coisas acontecerem. Os quatro virão, com certeza. O Vasco está montando um time para ir para as cabeças. E vai para as cabeças. Tinha um filósofo companheiro de vocês que dizia o seguinte: quem viver verá.
O Fabuloso vai se encontrar nos próximos dias com os dirigentes do Tianjin. Seu contrato foi renovado automaticamente até o fim de 2017, mas há acordo verbal para a rescisão.
Acordo com empresário
As conversas para a contratação de Luis Fabiano passaram também por solução para ação do empresário José Fuentes, representante do Fabuloso, contra o Vasco. Como agente de Juninho Pernambucano, ele cobra comissão de mais de R$ 600 mil do clube de São Januário. 
Em entrevista coletiva recente, Eurico Brandão, vice-presidente de futebol do Cruz-Maltino, citou que todos os jogadores ou representantes procurados pela diretoria tinham pendências anteriores com o clube. 
Luis Fabiano, de 36 anos, é desejo antigo do Vasco, que o sondou em meados de 2016. No fim da temporada, as conversas recomeçaram. Ponte Preta e Santos também demonstraram interesse no atacante. 
Maracanã gramado 12/01/2017 (Foto: Reuters)Gramado do Maracanã é fotografado em situação precária no início de 2017 (Foto: Reuters)
Maracanã
Eurico Miranda também aproveitou a oportunidade para falar sobre a situação do Maracanã, "abandonado" após o término do Campeonato Brasileiro. O presidente do Vasco disse que não tem pressa para definir o futuro do estádio e ainda cutucou os rivais.
- A posição do Vasco é muito clara em relação ao Maracanã: o Vasco entende, e isso é uma decisão que está tomada, que clássico, para ter igualdade, deveria e deve ser jogado no Maracanã com 50% e 50%. Despesa e receita. Essa é a posição do Vasco. A única coisa que não aceito é essa conversa de que tem de ser de fulano, beltrano. Os caras não partem primeiro do princípio que quem discute isso da parte de clube não tem estádio. Quer participar de competição e não tem estádio - alfinetou Eurico.
Na última semana, foi registrado um Boletim de Ocorrência na 18ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro por causa de furtos no "Maior do Mundo". O estádio, depois do episódio, teve segurança reforçada por uma empresa privada. Foram furtadas duas televisões, os bustos de cobre do jornalista Mário Filho e do general Ângelo Mendes de Morais e uma peça de cobre de uma mangueira de incêndio. Já foi realizada perícia no local.
Enquanto não há uma definição sobre o futuro do Maracanã, Flamengo e Fluminense, que têm interesse em administrá-lo, não podem atuar no "Maior do Mundo". A Odebrecht, que tem 95% da concessionária do estádio, se recusa a recebê-lo de volta da Rio 2016 por falta de laudos de vistoria.
Charge1701

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Dirigentes de Potiguar e Baraúnas ameaçam deixar o Estadual

Edinaldo Moreno/Da redação
O presidente do Potiguar, Marcos Fernandes, e o vice-presidente do Baraúnas, Gilson Cardoso, falaram na manhã desta segunda-feira, 16, que os dois clubes podem abandonar o Campeonato Estadual caso o Nogueirão permaneça interditado pelo Corpo de Bombeiros.
À reportagem, Gilson Cardoso demonstrou total irritação com a situação e a decisão de deixar a competição deve ser oficializada já nesta terça-feira, 17.
“Não tem como a gente pagar para jogar. Eu respeito o campo do Assu, mas o Nogueirão tem mais condições de receber jogos do que o Edgarzão. O Corpo de Bombeiros, na figura de seu capitão, está sendo intransigente. Foram cumpridas 99% das exigências e  mesmo assim ele não liberou. Com isso, nós vamos nos reunir com o elenco e passar a situação para os jogadores e se o Nogueirão não for liberado não terá outra medida a não ser abandonar a competição”, disse Cardoso que ainda pediu que a classe política mossoroense entrasse nesta briga pelo futebol mossoroense.
“Nem um político de nossa cidade está aqui no Batalhão onde houve agora a reunião com o Corpo de Bombeiros. Os políticos foram convocados, mas nenhum compareceu aqui. Desse jeito fica difícil. Nós estamos lutando pelo futebol de Mossoró”, complementou Gilson.
Gilson Cardoso afirmou que o jogo com o ABC, caso o clube não oficialize a desistência da competição, será mesmo em Assu e que agora as forças são para que a liberação saia para o clássico Potiba do domingo, 22.
“Nós já perdemos o prazo para a partida desta quarta-feira diante do ABC. Agora nós estamos na luta para que o clássico Potiba seja disputado no Nogueirão no domingo. É uma intransigência grande o que está sendo feito com o estádio. Já foram concluídas 99% das exigências do Corpo de Bombeiros, mas mesmo assim, eles ainda não liberaram.
A reportagem também tentou entrar em contato com o presidente do alvirrubro, Marcos Fernandes, mas não obtive êxito na tentativa de confirmar as informações em que ele repassou ao repórter Agenor Melo, da RPC.
Na entrevista dentro do Programa Comando Geral, o mandatário disse que o clube também pensa em desistir da competição em não havendo a liberação da principal praça esportiva do município e casa dos dois representantes mossoroenses no Campeonato Estadual.
Mossoró perdeu mais de R$ 50 milhões em projetos, afirma secretária
sede-da-prefeitura1-500x330

Mossoró perdeu mais de R$ 50 milhões em projetos, afirma secretária

De acordo com a secretária municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos, Kátia Pinto, a Prefeitura de Mossoró perdeu mais de R$ 50 milhões em projetos nos últimos anos. O levantamento foi feito para identificar problemas deixados pela administração anterior e mostrou que a Prefeitura de Mossoró perdeu verbas de convênios como o de erradicação e urbanização da Favela Wilson Rosado.
Localizada às margens da BR-304, a Favela Wilson Rosado está em área próxima à estação de energia da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). A companhia entrou com ação para a remoção dos moradores do local, o que motivou discussão envolvendo o Ministério Público, moradores, a Chesf e o poder público municipal.
Além da verba para construção de casas populares, a Prefeitura perdeu, somente nos projetos relacionados à urbanização Avenida Rio Branco, R$ 32 milhões. Ainda segundo a secretária Kátia Pinto, os recursos de convênios não podem ser mais retomados.
“Falta analisar os motivos que levaram ao Município a perder verba que poderiam gerar emprego, renda e mais qualidade de vida à população mossoroense. O que posso dizer é que são convênios perdidos”, declara a secretária.
Kátia Pinto afirma que até a quinta-feira, 19 de janeiro, a Secretaria terá todas as informações sobre o problema envolvendo todos os projetos relacionados à Prefeitura de Mossoró. Depois disso, a Prefeitura participará de reunião com a Caixa Econômica Federal para detalhar o que pode ser feito em relação aos projetos perdidos e também sobre os que podem ser retomados, dependendo da contrapartida e do envolvimento da própria Prefeitura Municipal.

domingo, 15 de janeiro de 2017

Vasco vence o Barcelona de virada e encara o Timão no Torneio da Flórida

De virada, Cruz-Maltino vence por 2 a 1, gols de Nenê e Rodrigo. Esquema com três meias de Cristóvão não funciona no 1º tempo, com Muriqui e Escudero apagados

Por Fort Lauderdale, Estados Unido

O pontapé inicial do Vasco em 2017 foi com vitória. Na tarde deste domingo, a equipe de Cristóvão Borges superou o Barcelona, do Equador, por 2 a 1, em partida válida pelo Torneio da Flórida. O jogo, no Central Broward Stadium, em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, parte da pré-temporada, determinou a classificação do time à semifinal da competição, fase na qual terá o Corinthians pela frente. O confronto está marcado para quarta-feira, às 22h (de Brasília), em Orlando.  
Foi uma partida disputada, com lances ríspidos. No total, cinco cartões amarelos (três ao time brasileiro) foram distribuídos pelo árbitro Andres Pfeffenkorn, alvo de reclamação de ambos os lados. Houve até emoção, afinal, o gol da vitória saiu apenas aos 38 minutos do segundo tempo, quando parecia que a vaga à próxima fase seria decidida nos pênaltis. O placar, aliás, foi o mesmo da final da Libertadores de 1998, em Guaiaquil, quando o Vasco sagrou-se campeão da América.  
Nenê Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Florida Cup)Nenê e Rodrigo: os jogadores que marcaram os gols do Vasco nos EUA (Foto: Rafael Ribeiro/Florida Cup)
Cristóvão mandou a campo o que julgou ter de melhor. Testou a ideia, desenvolvida nos treinos da pré-temporada, de uma escalação com três meias, Muriqui, Escudero e Nenê. Os dois reforços, porém, tiveram pouca movimentação, algo normal dada a carga de trabalhos físicos. Desta forma, a equipe atacou, por algumas vezes, na base do chutão. Para ter sucesso, será preciso evoluir. Um descuido defensivo, no lado esquerdo, do lateral Alan determinou o gol do Barcelona: Vera lançou Esterilla, livre, que cruzou para o companheiro completar dentro da área. O empate saiu de pênalti, cavado por Rodrigo. Nenê bateu e converteu.  
A etapa final começou com trocas: saíram Escudero e Muriqui, entraram Guilherme e Eder Luis, respectivamente. Questão física. Antes dos 5 minutos, Alan sofreu uma batida no rosto em uma dividida e deu lugar a Henrique. O Vasco ganhou em movimentação tanto que Thalles conseguiu finalizar com perigo. Guilherme quase marcou, obrigou Banguera a fazer grande defesa. Nenê, de falta, não virou pois a bola tirou tinta da trave. O fato é que o Vasco foi melhor. Por vezes, envolvente e praticamente não correu riscos. Até que, aos 38 minutos, Rodrigo fez o gol da vitória, de cabeça, após cruzamento de Nenê.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017


Ministro anuncia que piso salarial de professores será de R$ 2.298,80 em 2017

Reajuste salarial será de 7,64%; segundo Mendonça Filho, valor mínimo vale para docentes com formação de nível médio e que atuem em escolas públicas por 40 horas semanais.


Piso salarial dos professores tem reajuste de 7,64%
O ministro da Educação, Mendonça Filho, informou nesta quinta-feira (12) que o novo piso salarial dos professores terá um reajuste de 7,64% a partir de janeiro de 2017. Com o aumento, o salário-base passa dos atuais R$ 2.135,64 para R$ 2.298,80.
O valor deve ser pago para docentes com formação de nível médio com atuação em escolas públicas com 40 horas de trabalho semanais. Segundo a pasta, o reajuste ficou 1,35% acima da inflação medida em 2016, que fechou o ano em 6,29%.
Em 2016, o aumento foi de 11,36%, o que significou um ganho salarial de 0,69% acima da inflação.
Segundo o Ministério da Educação, a portaria com o novo piso salarial será publicada na edição desta sexta-feira do "Diário Oficial da União".
Pela regra atual, a correção do piso reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido nacionalmente pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
De acordo com o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Franklin de Leão, 14 estados não cumprem o piso nacional da categoria estabelecido por lei.
Para contribuir com o cumprimento do piso, o governo federal repassa 10% do Fundeb para estados e municípios.
O ministro da Educação informou que, a partir deste ano, o pagamento será feito mensalmente. Antes, o governo tinha até abril do ano seguinte para fazer o repasse.
“Vamos pagar mês a mês aquilo que seria pago só até abril de 2018”, disse.
O ministro disse que há uma demanda de prefeitos e governadores para que seja alterada a lei que define o cálculo do reajuste. Ele ponderou, porém, que não há no momento uma discussão sobre o assunto no ministério.
“O Brasil vive há algum tempo a recessão e a queda de receita de estados e municípios, mas nossa obrigação é cumprir a lei federal”, disse. “Vivemos um dilema. Limitações financeiras de estados e municípios de um lado e, de outro, a necessidade de que os professores sejam valorizados”, complementou.
Segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM), o impacto do reajuste anunciado para este ano será de R$ 5 bilhões aos cofres municipais. A entidade ressalta que, atualmente, os prefeitos comprometem, em média, 78,4% dos recursos do Fundeb apenas com salários dos professores.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017


Postado em  Hoje - 07:41

Em discurso emocionado de despedida, Obama pede união pela democracia

Foto: KAMIL KRZACZYNSKI/EPA/LUSA/
Da Agência Brasil
O presidente dos Estados Unidos Brack Obama fez um discurso de despedida na noite desta terça-feira (9), em Chicago, a poucos dias de deixar o cargo após oito anos de mandato. Durante quase uma hora de fala, Obama pediu aos americanos que se unam para lutar contra os desafios que ameaçam a democracia norte-americana. Em um discurso emocionado transmitido para todo o país, ele alertou o povo americano que uma mudança nos rumos do país só ocorrem "quando as pessoas comuns se envolvem para exigi-la". No próximo dia 20, Obama deixará a presidência dos Estados Unidos. O presidente eleito Donald Trump assumirá no seu lugar.
Obama falou no centro de convenções McCormick Place, o maior dos Estados Unidos, perante 20 mil pessoas. Em alguns momentos, os aplausos soaram tão alto que Obama teve de interromper a fala e se esforçar para continuar.
O teor do discurso de Obama focou mais no futuro do que nos feitos alcançados nos últimos oito anos. Em alguns momentos, Obama lembrou conquistas alcançadas e disse que a população ainda precisa superar os desafios raciais, políticos e econômicos existentes. O presidente norte-americano disse que é possível vencer os desafios. "Depois de oito anos como presidente, eu ainda acredito nisso". E prosseguiu: "E não é apenas a minha crença, é o coração palpitante da nossa ideia americana - a nossa ousada experiência de autogoverno".
Sobre as questões raciais que ainda incomodam o povo norte-americano, Obama disse que houve um progresso significativo nessa tema nas últimas décadas. Mas, segundo ele, esse progresso não foi suficiente para superar todos os problemas. Obama defendeu que acreditar na superação seria "irrealista".
"Temos de defender as leis contra a discriminação, na contratação [trabalhista], na habitação, na educação e no sistema de justiça criminal. Isso é o que exige nossa Constituição e os ideais mais elevados. Mas as leis sozinhas não serão suficientes. Os corações precisam mudar ", disse Obama.
Além da questão racial, Obama citou a defesa dos direitos de outras minorias que vivem no país. "Para negros e outras minorias, [nosso desafio] significa amarrar nossas próprias lutas pela Justiça aos desafios que muitas pessoas neste país enfrentam - não apenas os refugiados, os imigrantes, os pobres rurais, os transgêneros americanos, mas também os de meia-idade. O homem branco, de fora, pode parecer que tem todas as vantagens, mas ele viu seu mundo revirado por mudanças econômicas, culturais e tecnológicas".
Obama falou também sobre as desigualdades econômicas. "A desigualdade absoluta também é corrosiva para nossos ideiais democráticos", disse ao criticar a crescente separação entre ricos e pobres nos Estados Unidos. "Enquanto a parte superior de um 1% acumulou uma maior parcela de riqueza e renda, muitas das nossas famílias, nas cidades e municípios rurais, foram deixadas para trás.  O trabalhador de fábrica despedido,  a garçonete e os trabalhadores de saúde que lutam para pagar as contas - convencidos de que o jogo é fixado contra eles, que seu governo serve apenas os interesses dos poderosos - isso é uma receita para mais cinismo e polarização em nossa política ", disse ele.
Ao citar suas filhas e a primeira-dama, Michelle Obama, o presidente se emocionou e agradeceu o apoio da família durantes os oito anos de mandato. Ele encerrou o discurso repetindo a frase que o consagrou em sua primeira campanha eleitoral: sim, nós podemos (Yes, we can).
Sethas-RN realiza Mutirão para consulta de cadastro do Programa do Leite, em Mossoró
programa_do_leite_2011-1

Sethas-RN realiza Mutirão para consulta de cadastro do Programa do Leite, em Mossoró

A Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN), realiza em Mossoró, o mutirão para consulta e confirmação dos beneficiários do novo formato do Programa do Leite com o objetivo de assegurar que o benefício esteja sendo entregue a população em vulnerabilidade social.
A consulta vai ser feita no auditório da Regional de Saúde de Mossoró, nos dias 11 e 12, das 8h às 17h. Na sexta, poderá ser feita no Vila Cidadã do bairro Santo Antônio, das 9h às 15h.
Para realizar a consulta é preciso de um documento com foto, CPF e Número de Identificação Social (NIS). Na ocasião, se confirmado o cadastro, o beneficiário poderá escolher o posto de distribuição mais próximo de sua residência.
O novo formato do Programa do Leite Potiguar, Lançado em agosto de 2015 em Mãe Luiza, passou a ter gestão compartilhada entre a Sethas-RN e a Emater-RN com o objetivo de melhorar o atendimento aos beneficiários. O programa utiliza o Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) para identificar as famílias em vulnerabilidade social e garantir que o programa chegue a quem realmente precisa.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Azul Linhas Aéreas anuncia linha comercial Recife-Mossoró a partir do dia 12 de abril

Blog do César Santos
A Azul Linhas Aéreas Brasileiras iniciará operações exclusivas em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, em 12 de abril.
A companhia ofertará um voo diário para a cidade potiguar com origem no Recife (PE) – a novidade passa por aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

A aeronave responsável pelo trajeto será o moderno turboélice ATR 72-600, de 70 assentos.
“Mossoró é a cidade mais importante do interior do Rio Grande do Norte. Vamos operar na região para atender, principalmente, demanda de quem precisa chegar rapidamente e com muita comodidade para fechar negócios. Igualmente importante, porém, está o fomento turístico que este voo trará, por ser uma região que dá acesso a belas praias, e dada a força das atrações culturais de Mossoró. Esperamos ter sucesso neste voo”, destaca Daniel Tkacz, diretor de Planejamento e Alianças da Azul.
As viagens terão duração aproximada de uma hora e meia. Via terrestre, o trajeto entre o Recife e Mossoró pode levar até sete horas. A cidade será a segunda atendida pela Azul no Rio Grande do Norte: atualmente, a companhia opera também em Natal.
A ligação direta com o Recife permitirá que Clientes de todas as regiões do Brasil possam acessar Mossoró.
As tarifas somente serão informadas quando a operação for aprovada pela Anac, momento em que também terá início a venda de passagens.
Este é o segundo anúncio de novo destino para a região Nordeste do país somente nesta semana. Na segunda-feira (9/1), a Azul informou que iniciará voos em Jericoacoara (CE) a partir de 7 de abril.
Mossoró 

A cidade, localizada no noroeste do Rio Grande do Norte, tem quase 300 mil habitantes e é a principal cidade do interior potiguar. O novo destino da Azul destaca-se pelo turismo de negócios: é o maior produtor – em terra – de petróleo no Brasil, assim como de sal marinho, além de ocupar importante papel na fruticultura irrigada, voltada, sobretudo, para exportação.
Mossoró tem um dos maiores PIB per capita da região.
A região litorânea, conhecida como Costa Branca, que ocupa cerca de 40 quilômetros de belas praias, está a menos de uma hora de viagem, via terrestre, de Mossoró.
Fonte: Azul Linhas Aéreas
TIBAU-RN LANÇA PROGRAMA...












O Prefeito de Tibau - RN Josinaldo Marcos (Naldinho) orientou o Secretário de Desenvolvimento Rural e Recursos Hídricos Mário Ilo que de imediato convocou sua equipe e as representações das comunidades Rurais do município para o planejamento das ações do Programa Cultivar para Colher que será lançado no dia 29. Presentes a reunião a Engenheira de Pesca Suzany Lopes , Assis Fernandes, Rita Lopes, Lindoelma Souza, Novinho, Jersino Augusto (Presidente da Associação dos Agricultores e Agricultoras do Desenvolvimento Sustentável Vila Nova), Patricia Herbenia (Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais) Francisca (Presidente da Associação de Mulheres e convidados pelas diretorias das associações. Tendo como objetivos promover o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar, contribuindo efetivamente com o corte de terra, Desenvolver ações para a melhoria do homem do campo, criar condições para fortalecer a agricultura familiar. 



Sem "Agricultura" não á Humanidade
Mavi