sábado, 27 de maio de 2017

charge2705

Banco do Nordeste financia energia solar para agricultores familiares



Novo produto do Banco do Nordeste, lançado ontem, o Agroamigo Sol permite que agricultores familiares adquiram equipamentos para converter a energia solar em energia elétrica. As operações de crédito podem ter limites de até R$ 15 mil, com juros a partir de 0,5% ao ano.

Entre os equipamentos que poderão ser adquiridos, estão máquinas voltadas para irrigação, eletrificação de instalações rurais, dessalinizadores e eletrificação de cercas em condições de pastejo rotativo.

Dono de uma pequena propriedade em Itapipoca (CE), Nonato Brandão é um dos produtores que já assinaram contrato de financiamento com o BNB. Com cerca de R$ 4 mil, ele adquirirá equipamento capaz de bombear 18 mil litros d’água para irrigar suas plantações de cheiro verde, alface, pimentão, tomate e cenoura. “As coisas vão melhorar bastante”, afirma, em tom otimista.

Segundo o presidente do BNB, Marcos Holanda, o Agroamigo Sol é alternativa inovadora para atender o cliente e melhorar as condições de vida do homem do campo, que alia a eficiência e a preservação do meio ambiente.

“Estamos beneficiando um público que dificilmente seria melhor atendido por outras instituições e que terá condições para gerar a sua própria energia. Essa independência energética vai representar um salto na qualidade de vida dos produtores”, disse o presidente. Ele também adiantou que, dentro de um ano, o BNB premiará as iniciativas que melhor aplicarem a tecnologia em suas propriedades.

Para o superintendente de Microfinança e Agricultura Familiar, Alex Araújo, a iniciativa desenvolve a Região e insere parcela importante de pessoas no ciclo produtivo.

Condições de acesso ao crédito As parcelas podem ser pagas em até dez anos, com carência de três anos, no máximo, a depender programa de crédito escolhido e dos itens a serem financiados.

Para ser considerado agricultor familiar, o cliente deve apresentar Declaração de Aptidão (DAP) emitida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

sexta-feira, 26 de maio de 2017

AGRICULTURA.....

                                    
    O Secretário  de Agricultura de Tibau Mario Ilo realizou reunião do Conselho de Desenvolvimento Rural. Sr. Gersino, Patricia (Presidente do Sindicato Rural), Mario Ilo Secretário de Agricultura, Novinho, Lindoelma (Sec. de agricultura), Francisca (Presidente da Associação de Vila Nova) e Katiany (Sec. de agricultura)e e Socorro (presidente da Cootipesca). Mario Ilo tem trabalhado com afinco e dedicação juntamente com a sua equipe para manter a zona rural com os programas, ações que o homem do campo precisa para a sua manutenção. Todos de parabéns.


 
SINDUSCON MOSSORÓ NO 89º ENIC
Evento acontece de 24 a 26 de maio em Brasília 


Marcelo Conrado e Sérgio Freire​



O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Mossoró (SINDUSCON), engenheiro Sérgio Freire, e o diretor da entidade Marcelo Conrado estão representando a construção civil de Mossoró no 89º ENIC - Encontro Nacional da Indústria da Construção Civil. O evento acontece no período de 24 a 26 de maio de 2017 no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília, capital federal. Realizado pelo Sinduscon-DF, é considerado o maior do calendário anual do setor.
O 89º ENIC reúne empresários de todo o país e tem como objetivo fortalecer a união do setor produtivo discutindo temas que impactam positivamente na construção civil e na economia. Na edição 2017 o tema do encontro, “Superação é nossa maior obra”, propõe o debate e a busca de soluções para superar os desafios do mercado e do momento econômico que vive o país.
A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra, o filósofo e professor doutor da Universidade Estadual de Campinas, Leandro Karnal e o presidente da república Michel Temer são algumas das presenças ilustres que vão participar do 89º ENIC. 
Sérgio Freire afirma que a participação no encontro é importante para compreender as perspectivas e desafios gerais da construção civil, "Gerar novos conhecimentos, trocar informações, firmar parcerias com todos os Sinduscons do país além de perceber quais as perspectivas para o setor e as ações que serão tomadas para enfrentarmos esse momento, são alguns dos objetivos da nossa participação no 89º ENIC", avalia.
 

Allan Erick I Jornalista
Assessoria de Comunicação e Imprensa
Telefone: (84) 98841-1559 |  99858-8577
E-mail: assessoria@personalmkt.com.br
charge2605

TSE confirma inelegibilidade da ex-prefeita de Baraúna por abuso de poder econômico

Luciana Oliveira sofre nova condenação (Foto: Reprodução)
Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmaram, na sessão desta quinta-feira, 25, que a ex-prefeita de Baraúna (RN) Antônia Luciana da Costa Oliveira (PMDB) está inelegível por oito anos por cometer abuso de poder econômico na campanha de 2012. Ela não disputou a prefeitura na eleição de 2016.
A Corte Eleitoral negou os apelos de Luciana Oliveira pelo fim de sua inelegibilidade por entender que, durante a campanha da candidata em 2012, houve omissão de despesas de gastos com combustível e, especialmente, a participação de cantor famoso em evento político, entre outras irregularidades.
“Aqui estamos exatamente tratando de abusos e fraudes que são inaceitáveis em uma eleição”, afirmou o relator, ministro Luiz Fux, ao votar pela rejeição dos recursos da ex-prefeita.
A decisão do Plenário foi unânime.

Com aumento da rescisão e dono de quase todo direito econômico, Vasco se cerca para lucrar alto com Douglas

Douglas tem brilhado pelo Vasco em 2017
Douglas tem brilhado pelo Vasco em 2017 Foto: Marcelo Theobald / Agência O Globo
Bruno Marinho
Tamanho do textoA A A
O Vasco está com a faca e o queijo nas mãos para fazer um bom dinheiro em uma futura negociação de Douglas. O volante, principal destaque do elenco de São Januário, deve ter sua multa rescisória aumentada, mas isso não é o principal: o clube é dono de praticamente todo direito econômico do jogador.
Com isso, ao menos na teoria, o Cruz-maltino terá maior autonomia para escolher aceitar ou não uma proposta de compra pelo volante. Além do mais, não terá que repartir o valor com muitas partes. Em caso de boa venda, o lucro será todo do Vasco.
A rápida evolução de Douglas no elenco profissional não passou batido e o clube se movimentou rapidamente para garantir o maior lucro lá na frente. No dia 27 de agosto do ano passado, o jogador fez sua estreia entre os profissionais. Na ocasião, tinha salário de R$ 2 mil, bem menor de promessas mais badaladas na época, como Evander, Mateus Vital e Andrey.
Um mês depois, o Vasco prolongou seu contrato até dezembro de 2019. Foi quando Douglas recebeu aumento salarial e, consequentemente, teve o valor da multa rescisória elevada, ficando em um patamar igual ao das outras promessas.
Este ano, ao seguir como titular e ganhar ainda mais destaque no time da Colina, o jogador garantiu a nova renovação, em vias de ser concluída. Em oito meses, o volante terá novo aumento, com rescisão ainda mais alta que a anterior.
- O contrato atual já nos protege, mas estamos tratando da renovação, até para reconhecer o momento do atleta - destacou o gerente de futebol, Anderson Barros: - Já tivemos consultas sobre negociações, mas para tomarmos uma decisão, tem de ser algo extremamente positivo. A multa nos dá tranquilidade para continuar o projeto. Medo de perdê-lo, não temos, já que a decisão final é do clube.

quinta-feira, 25 de maio de 2017


Vereador Francisco Carlos vai acompanhar compra de insulina

A falta de insulina para distribuição gratuita na rede municipal de Saúde dominou os debates, nesta quarta-feira, 24, na Câmara Municipal de Mossoró. Aos presentes à sessão, o vereador Professor Francisco Carlos (PP) informou que acompanhará o andamento do processo de compra do medicamento, após dispensa de licitação pela Prefeitura de Mossoró. Serão investidos R$ 3,7 milhões na aquisição do produto.
“Eu me disponho a acompanhar, junto a outros parlamentares, o procedimento de chegada do processo de dispensa, na Comissão de Licitação, para fazermos o acompanhamento da movimentação do processo e, assim, podermos informar aos pacientes a respeito do andamento e prazos”, propôs.
A dispensa de licitação, que vai acelerar o processo de compra da insulina tipo Lantus e Humalog, ocorre após duas licitações, realizadas nos dias 27 de abril e 3 de maio, terem dado desertas, quando não há empresas interessadas em participar.
“Após a dispensa da licitação, assinada pela prefeita no último dia 22, a Secretaria de Saúde coletou propostas de preços para serem anexadas ao processo. O setor de licitação receberá hoje à tarde a documentação e pedirá um parecer jurídico da Procuradoria. A insulina será adquirida o mais rápido possível”, informa.
Estima-se que o investimento previsto na dispensa de licitação seja suficiente para suprir as necessidades dos pacientes até o final deste ano.