terça-feira, 12 de março de 2019

Morre Eurico Miranda, o mais icônico dirigente do Vasco da Gama

Crédito da foto: ReproduçãoEurico Miranda
Eurico Miranda, o mais polêmico dirigente do futebol brasileiro, morreu nesta terça-feira (12) em um hospital na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Perdeu a luta contra o câncer no cérebro, aos 74 anos.
O mais icônico dirigente do Vasco da Gama, deixa para a história o seu amor pelo clube carioca, mas também episódios polêmicos que atingiram o futebol como um todo.
Atualmente, ele estava no cargo de presidente do Conselho de Beneméritos do clube.
Nos últimos meses, Eurico não fez aparições públicas. Seu estado de saúde se agravou, inclusive com dificuldade para se alimentar. De ambulância, ele foi levado ao hospital na manhã desta terça. Lá não resistiu e morreu no início da tarde.
Em novembro, numa reunião do Conselho Deliberativo, já bastante debilitado, precisou de ajuda para se levantar e puxar o grito de Casaca, uma tradição do Vasco à qual se habituou a liderar.
No mesmo evento, Eurico anunciou que diminuiria a frequência de suas visitas ao Vasco e se limitaria a reuniões do Conselho de Beneméritos e do Conselho Deliberativo. Ele havia dispensado seguranças e motoristas.
Eurico se encontrava em estado debilitado desde o início de 2018. Mesmo assim, foi figura presente em jogos do Vasco em São Januário - chegou até mesmo a ir aos treinos do elenco no CT do Almirante, em Vargem Pequena.
Antes da atual doença, o dirigente conseguiu superar um câncer na bexiga e outro no pulmão. Nos últimos meses, andava de cadeira de rodas. Recentemente, passou a se tratar em casa, com idas frequentes ao médico.
Euricio foi presidente do Vasco em dois períodos: de 2003 a 2008, e de 2015 a 2017. Também foi vice-presidente de futebol do clube entre 1990 e 2002, tendo participado do período de maiores conquistas do clube, como o Campeonato Brasileiro de 1997, a Copa Libertadores de 1998, a Copa João Havelange de 2000 e a Copa Mercosul de 2000.
* Com as informações do globoesporte.com
Mulheres derrubam ideia de sexo frágil e ganham espaço na perícia criminal do RN

Mulheres derrubam ideia de sexo frágil e ganham espaço na perícia criminal do RN

Levantamento de vestígios, elucidação e reprodução de eventos criminosos estão na rotina da atividade do Perito Criminal. Esta se apresenta, por vezes, de natureza brutal, mórbida e perigosa.  Por isso, muitos acreditam que estas atribuições são desenvolvidas estritamente por homens, ainda por perceberem as mulheres como frágeis e/ou sensíveis para desenvolverem tais atividades.
Contudo, essa ideia não representa a realidade! No Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP/RN), as Peritas Criminais exercem suas funções nas perícias externas e internas, que incluem exames laboratoriais, perícias psicológicas, exames de microcomparação balística, documentoscopia, entre outros. O desempenho das mulheres na atividade pericial reforça o fato de que não há espaço para distinção de gênero.
“O principal desafio é saber separar o impacto que algumas cenas podem causar. Então sempre temos que avaliar uma cena de crime de forma imparcial, utilizando meios científicos como é preconizado. A atuação da mulher na perícia muitas vezes pode ser vista com resistência, uma vez que a mulher ainda é vista por muitos como frágil e mais emotiva, porém a busca por detalhes, o compromisso e a dedicação ao estudo aliados a sensibilidade feminina fazem com que tenhamos um olhar diferenciado na análise de uma cena de crime”, destacou a perita criminal Roberta Pena, que atua na Unidade Regional de Mossoró.
Nathalia Nunes, que atua como perita criminal em Natal destaca que o trabalho requer conhecimento de diversas áreas para encarar situações novas diariamente nos locais de crime.
“Nosso ambiente de trabalho de fato ainda é muito dominado pelos homens, embora tenha aumentado o número de peritas mulheres nos últimos tempos. As pessoas normalmente questionam se a natureza do trabalho é muito pesada pra mim que sou mulher e se acho difícil ver certas cenas. Eu costumo responder que o trabalho de perito é técnico e isso independe do gênero. Acredito que a área da segurança pública, que inclui a perícia, ainda precisa ser conquistada pelas mulheres. A crença de que as mulheres são frágeis pra desempenhar certas funções já não são válidas e o Rio Grande do Norte com suas mulheres na perícia tem mostrado isso”, afirmou Natalhia.
Agentes de necropsia provam que trabalho independe de gênero
O trabalho de necropsia, mais do que o senso comum acredita, vai muito além de apenas examinar e recolher cadáveres. A atividade tem grande importância social, é considerada o coração da perícia. Contudo o trabalho do agente de necropsia não se detém apenas no auxílio deste exame, se inicia no local de crime de morte violenta com análise externa dos ferimentos do cadáver, documentação, recolhimento e posterior exames internos para identificar a causa mortis, de modo que o trabalho do agente só finaliza ao entregar o corpo para família.
“Sinto-me honrada em colaborar com a justiça, Estado e famílias que são impactadas com entes vítimas de morte violenta. A função em Natal antes era exclusivamente masculina, hoje mulheres compõe o quadro dando renovo e fôlego para quem já está na casa há mais de 30 anos. A resistência masculina se dissipou diante adaptação e naturalidade a qual as mulheres encaram o dia a dia da missão”, explicou a agente de necropsia do ITEP-RN, Maria Helena Mota.
Ainda segundo Maria Helena, o trabalho existe força física, mas acima de tudo, inteligência emocional, coragem, leveza, seriedade e determinação. “Não é fácil trabalhar a dor do outro, o que nos motiva são os desfechos desencadeados pelo trabalho de toda equipe, pois o trabalho do Itep-RN jamais será singular, é um trabalho plural, cada setor com sua colaboração”, concluiu.

segunda-feira, 11 de março de 2019

Governadora renova decreto de situação de emergência pela seca em 148 municípios do RN

Renovação do decreto que trará um Regime Jurídico Especial foi definida pelo Comitê Estadual para Ações Emergenciais de Combate aos Efeitos da Seca. Leva em consideração análises técnicas dos diversos órgãos que monitoram segurança hídrica do Estado
Crédito da foto: ArquivoBarragem de Pau dos Ferros
O Governo do Rio Grande do Norte vai decretar, por mais 180 dias, a situação de emergência pela seca em 148 municípios, o que representa 88% dos municípios potiguares. O novo Decreto de Situação de Emergência será publicado nesta terça-feira (12) no Diário Oficial do Estado (DOE).
A renovação do decreto que trará um Regime Jurídico Especial foi definida pelo Comitê Estadual para Ações Emergenciais de Combate aos Efeitos da Seca, entidade coordenada pelo Secretário-Chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves.
Segundo o Coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil, Tenente Coronel Marcos Carvalho, o decreto leva em consideração análises técnicas dos diversos órgãos que integram o Comitê e que monitoram a segurança hídrica do Estado nos últimos seis meses (Setembro/2018 a Março/2019). O decreto mantém os mesmos municípios que estavam em situação de emergência e acrescenta Pedro Velho.
A renovação do decreto foi determinada durante reunião do Comitê Estadual para Ações Emergenciais de Combate aos Efeitos da Seca realizada em 6 de fevereiro, mas a publicação no Diário Oficial do Estado precisava aguardar o final do prazo do documento anterior.
A situação de emergência pela seca facilita o trâmite dos processos que envolvem obras e serviços que minimizem os impactos causados pela escassez de chuvas, que apesar das últimas chuvas em todo Estado relatórios da CAERN apresentados nos últimos dias mostram que 151 municípios são abastecidos pela companhia, dos quais 92 estão em rodízio e cinco em situação de colapso. De acordo com o secretário-chefe do Gabinete Civil, a situação mais preocupante é dos municípios do Alto Oeste onde os reservatórios ainda estão com baixo volume hídrico.
Todos os municípios inseridos no Decreto Estadual deverão realizar o Preenchimento do Formulário de Informações de Desastres (FIDE), na Plataforma do Sistema Integrado de Informações de Desastres (S2ID) da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) - Site: www.s2id.mi.gov.braté o dia 20/03/2019, para que a Defesa Civil envie o processo de pedido de reconhecimento federal.
“A solicitação se faz necessária pois as informações inseridas pelo município no FIDE, subsidiarão o Decreto Estadual de Situação de Emergência de Seca - COBRADE:14120 na solicitação do Reconhecimento Federal e posteriormente, no pedido de recursos de ações de respostas para o desastre”, afirma Marcos Carvalho.

Municípios em situação de emergência:
Acari, Açu, Afonso Bezerra, Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Alto do Rodrigues, Angicos, Antônio Martins, Apodi, Areia Branca, Baraúna, Barcelona, Bento Fernandes, Boa Saúde, Bodó, Bom Jesus, Brejinho, Caiçara do Norte, Caiçara do Rio do Vento, Caicó, Campo Grande, Campo Redondo, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Coronel João Pessoa, Cruzeta, Currais Novos, Doutor Severiano, Encanto, Equador, Espírito Santo, Felipe Guerra, Fernando Pedroza, Florânia, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Galinhos, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Guamaré, Ielmo Marinho, Ipanguaçu, Ipueira, Itajá, Itaú, Jaçana, Jandaíra, Janduís, Japi, Jardim de Angicos, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, João Dias, José da Penha, Jucurutu, Jundiá, Lagoa D´Anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Nova, Lagoa Salgada, Lajes, Lajes Pintadas, Lucrécia, Luís Gomes, Macaíba, Macau, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Messias Targino, Montanhas, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Mossoró, Nova Cruz, Olho D´Água dos Borges, Ouro Branco, Paraná, Paraú, Parazinho, Parelhas, Passa e Fica, Passagem, Patu, Pau dos Ferros, Pedra Grande, Pedra Preta, Pedro Avelino, Pedro Velho, Pendências, Pilões, Poço Branco, Portalegre, Porto do Mangue, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Riachuelo, Rodolfo Fernandes, Ruy Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, Santana do Matos, Santana do Seridó, Santo Antônio, São Bento do Norte, São Bento do Trairi, São Fernando, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São José de Campestre, São José do Seridó, São Miguel, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Rafael, São Tomé, São Vicente, Senador Eloi de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serra do Mel, Serra Negra do Norte, Serrinha, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Sítio Novo, Taboeleiro Grande, Taipu, Tangará, Tenente Ananias, Tenente Laurentino Cruz, Tibau, Timbaúba dos Batistas, Triunfo Potiguar, Umarizal, Upanema, Várzea, Venha-Ver, Vera Cruz e Viçosa.
Fonte: Governo do RN
Venda de 46 planos de saúde está proibida a partir de hoje
Brasília - Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Taguatinga. Em alguns hospitais do Distrito Federal faltam leitos para os pacientes. Foto: Marcello Casal JR/ABr

Venda de 46 planos de saúde está proibida a partir de hoje

A comercialização de 46 planos de saúde de 13 operadoras está suspensa a partir de hoje (11) por decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A medida, anunciada pela agência no último dia 1º, é temporária e acompanha os resultados trimestrais do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que monitora o desempenho do setor.
A mesma avaliação permitiu a retomada, também a partir de hoje, da venda de sete planos de saúde de duas operadoras, que haviam sido suspensos anteriormente.
De acordo com a ANS, a suspensão temporária da comercialização de planos de 13 operadoras se deu em função de reclamações sobre cobertura assistencial, prazo máximo de atendimento e rede de atendimento, entre outras. A medida foi anunciada antes do carnaval, com base em reclamações de beneficiários no último trimestre de 2018.
“Os planos suspensos só podem voltar a ser comercializados quando forem comprovadas melhorias”, informou a agência. Eles atendem, juntos, a cerca de 570 mil beneficiários, que não são afetados pela medida. A assistência médica continua valendo para quem já é cliente, mas novas vendas não podem ser feitas.

domingo, 3 de março de 2019

Potiguar vence o Força e Luz e volta à liderança do returno do Estadual 2019

Crédito da foto: José Carlos Borges/Força e LuzJogadores do Potiguar comemoram vitória e a reabilitação no Estadual
Por Fábio Oliveira/f9.net.com
O domingo de carnaval foi de futebol e a folia ficou por conta do Potiguar, que jogando no estádio Frasqueirão, em Natal, venceu o Força e Luz, por 2x0, e assumiu provisoriamente a liderança do segundo turno do Estadual. Ricardinho, aos 22 minutos da primeira etapa e Jefinho, aos 50 da segunda etapa, fizeram os gols que garantiu mais um triunfo alvirrubro na competição.
O Potiguar chegou aos seis pontos, empatando com o América, mas leva vantagens no critério de saldo de gols: 5 contra 4 da equipe da capital.
A equipe mossoroense volta à campo no dia 10 de março, quando enfrenta, no estádio Nogueirão, a equipe do ASSU, às 16h. Já o Força e Luz recebe, na Arena das Dunas, às 15h, a equipe do Globo, na sexta-feira, 08 de março.
Na segunda etapa do confronto, após entrada criminosa do zagueiro André, do Força e Luz, que acabou sendo expulso, o meio-campista Wilson, destaque e camisa 10 do Potiguar, teve que ser encaminhado a um hospital da cidade de Natal, com suspeita de fraturas na fíbula e tíbia.
O JGO
Primeira Etapa
Com mais posse de bola no início do confronto, o Potiguar chegou com perigo com Jefinho, que aproveitou cruzamento de Mikael, da direita, e cabeceou para fora do gol. O Força e Luz respondeu logo em seguida. Após cruzamento de Pedro, Julio Pit mandou a bola para escanteio, antes da finalização de Diogo França. As duas equipes fizeram, nos primeiros 15 minutos, um confronto bastante morno. O Potiguar só voltou a ameaçar em um chute de Wilson, aos 17 minutos, mas a bola foi para fora.
Melhor no confronto, o Potiguar abriu o placar aos 22 minutos. Ricardinho aproveitou falha da defesa do Força e Luz e da entrada da área fuzilou no canto esquerdo, sem chances de defesa para Ewerton.
Marielson cobrou falta e quase ampliou para o Potiguar. O meio-campista obrigou ao goleiro Ewerton a fazer boa defesa. Na sequência, Lucas Santos finalizou e Ewerton espalmou a bola para escanteio. A blitz do Potiguar continuou, após escanteio cobrado por Wilson, a bola chegou até Gilmax, que finalizou, mas a bola balançou as redes pelo lado de fora. A resposta do Força e Luz veio com Diogo, que finalizou para a defesa de Andrei.
Segundo Etapa
Logo no primeiro minuto da segunda etapa, Marielson deu ótimo passe para Jefinho, que finalizou com perigo. Buscando o segundo gol, o Potiguar voltou a criar mais uma boa chance. Gilmax finalizou e Ewerton, com os pés, fez grande defesa. A blitz alvirrubra continuou, Jefinho recebeu passe em boas condições e finalizou fraco para a defesa de Ewerton. O atacante tinha a opção de tocar para Gilmax, que entrava de frente para o gol. Aos 16, o zagueiro do Força e Luz, André Natal, recebeu cartão vermelho direto, após entrada criminosa em Wilson.
Com o domínio da partida, o Potiguar desperdiçou mais uma grande oportunidade para ampliar o placar. Aos 32, Jefinho foi derrubado por Ewerton na área, pênalti marcado para o alvirrubro. O próprio Jefinho cobrou e Ewerton fez a defesa.
Mesmo com um jogador a menos, o Força e Luz quase chegou ao empate com Pereira que, aos 42 minutos, finalizou para a boa defesa de Andrei, que espalmou a bola para escanteio.
Já nos acréscimos, o Potiguar chegou ao segundo gol na partida em cobrança de pênalti. Jefinho cobrou e dessa vez balançou as redes. Foi o nono gol do atacante, artilheiro isolado do Estadual.

FICHA TÉCNICA:
Força e Luz 0x2 Potiguar
Motivo: Copa Rio Grande do Norte (2º Turno) - 3ª Rodada
Data: 3 de março de 2019
Horário: 15h
Local: estádio Frasqueirão, em Natal-RN
Gols: Ricardinho, aos 22 min., 1ºT e Jefinho, aos 50 min., do 2ºT (Potiguar)
Cartões amarelos: Daniel, Cristiano, Edson Silva, Ewerton e Vitinho (Força e Luz)
Cartão vermelho: André Natal e Alex (Força e Luz)
Força e Luz: Ewerton; Cristiano, Alex, André Natal e Pedro; Edson Silva, Daniel, Pereira e Paulinho Silva (Boca); Paulinho e Diogo França (Vitinho). Técnico: Airton Fonseca
Potiguar: Andrei; Mikael, Rafael Lima, Julio Pit e Ricardinho; Wallace, Lucas Santos, Marielson (Leandro Chaves) e Gilmax (Vinícius); Wilson (Giovanni) e Jefinho. Técnico: Emanoel Sacramento
 Mossoró terá o primeiro Complexo Logístico do Rio Grande do Norte
47187738712_e81d9f77dd_z-1-640x381

Mossoró terá o primeiro Complexo Logístico do Rio Grande do Norte

A Prefeita Rosalba Ciarlini recebeu na tarde desta quinta-feira (28) o empresário Júnior Rebouças, empreendedor na área de supermercados, e que agora vai investir em Mossoró, projetando o primeiro empreendimento Complexo Logístico do Rio Grande do Norte.
O investimento inicial será de R$ 40 milhões de reais e vai ficar localizado próximo a BR 304. O centro terá toda uma estrutura urbanística, com um investimento da própria empresa. Durante a visita todo o projeto foi apresentado.
“Mossoró recebe com muita simpatia esse complexo. Sabemos o quanto é importante para a cidade que a construção civil cresça com emprego e renda. Além do mais com empreendimentos que são geradores de mais empregos, como é o caso da central de distribuição”, elogiou a Prefeita.
O empresário Júnior Rebouças agradeceu a atenção da Prefeita e destacou a questão do retorno para a cidade com emprego e renda. “Ficamos felizes em saber que a prefeita abraça o projeto. É o primeiro complexo logístico do Rio Grande do Norte que vai ser feito na BR 304. Esse projeto contempla o nosso centro de distribuição e um centro de operação logística com mais de 32 unidades de galpão. Vai proporcionar emprego e renda para a cidade”, disse.
A previsão para o início da construção do complexo é a partir do segundo semestre de 2020.
Agência Brasil

domingo, 24 de fevereiro de 2019

 Atividades físicas e sociais protegem cérebro de danos do Alzheimer

Atividades físicas e sociais protegem cérebro de danos do Alzheimer

Atividades físicas, sociais e de lazer praticadas por idosos e pacientes com doença de Alzheimer podem ajudar a preservar funções cognitivas e a retardar a perda da memória, mostra novo estudo desenvolvido na Universidade de São Paulo (USP) e na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Os estímulos promovem mudanças morfológicas e funcionais no cérebro, que protegem o órgão de lesões que causam as perdas cognitivas.
A descoberta foi feita por meio de um experimento com camudongos transgênicos, os quais foram alterados geneticamente para ter uma super expressão das placas senis no cérebro. Essas placas são uma das características da doença de Alzheimer. Os animais foram separados em três grupos: os transgênicos que receberiam estímulos, os transgênicos que não receberiam e os animais-controle que não têm a doença.
“Quando eles estavam um pouquinho mais velhos, por volta de 8 a 10 meses, colocamos parte desses animais em um ambiente enriquecido, que é uma caixa com vários brinquedos, e fomos trocando os brinquedos a cada dois dias”, explicou Tânia Viel, professora da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP e coordenadora do projeto.
O experimento durou quatro meses e, após esse período, eles foram submetidos à avaliação de atividade motora, por meio de sensores, e de memória espacial, com um teste chamado labirinto de Barnes. Os resultados mostram que os camudongos transgênicos que foram estimulados com os brinquedos tiveram uma redução de 24,5% no tempo para cumprir o teste do labirinto, na comparação com os animais que não estiveram no ambiente enriquecido.
Também foram analisados os cérebros dos camundongos. Ao verificar as amostras do tecido cerebral, os pesquisadores constataram que os animais transgênicos que passaram pelos estímulos apresentaram uma redução de 69,2% na densidade total de placas senis, em comparação com os que não foram estimulados.
Além da diminuição das placas senis, eles tiveram aumento de uma proteína que ajuda a limpar essa placa. Trata-se do receptor SR-B1, que se expressa na célula micróglia. O receptor faz com que essa célula se ligue às placas e ajude a removê-las. “Os animais-controle, sem a doença, tinham essa proteína que ajuda a limpar a placa, inclusive todo mundo produz essa proteína. Os animais com Alzheimer tiveram uma redução bem grande dessa proteína e os animais do ambiente enriquecido [que tiveram estímulos] estavam parecidos com os animais-controle”, explicou Viel.
A pesquisadora diz que o trabalho comprova hipóteses anteriores e que agora o grupo trabalha para ampliar a verificação em cães e seres humanos. Para isso, será necessário, inicialmente, descobrir marcadores no sangue que apontem a relação com a doença de Alzheimer.
“Em ratos, a gente analisa o cérebro e o sangue para ver se esses biomarcadores estão tanto no cérebro quanto no sangue. Quando a pessoa perde a memória, há algumas proteínas que aumentam no cérebro e outras que diminuem. Nos cães e nos seres humanos, a gente está vendo só no sangue”, justificou. Com a descoberta desses marcadores no sangue, será possível fazer experimentos similares ao do camundongo, com testes motores e de memória, para confirmar ou descartar as alterações em cães e seres humanos após os estímulos.
Para Tânia Viel, como não se sabe qual ser humano desenvolverá a doença, quanto mais aumentar a estimulação na vida dele, melhor vai ser para a proteção do cérebro. “É mudar a própria rotina. Muita gente fala que não teve tempo para fazer outras coisas, mas se a pessoa tiver condições e puder passear no quarteirão, já começa por aí, fazer uma atividade física e uma atividade lúdica, passear com cachorro, com filho, curso de idiomas, de dança. Isso ajuda a preservar o cérebro”, sugere.
O estudo foi publicado na revista Frontiers in Aging Neuroscience e recebeu apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Quase 2,5 mil eleitores faltosos poderão ter o título cancelado no município

Crédito da foto: Carlos Costa/Arquivo2.437 eleitores podem ter o título cancelado em Mossoró
Um total de 2.437 eleitores identificados como faltosos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) em Mossoró poderão ter o título cancelado caso não regularizem sua situação no período de 7 de março a 6 de maio. A informação foi repassada ao DE FATO.COM pelo chefe de cartório Márcio Oliveira.
Na 33ª Zona Eleitoral são 1.360 eleitores que correm o risco de ter o documento cancelado pela Justiça Eleitoral. Na 34ª o número é um pouco menor: 1.077. Em todo o estado, são 24.104 eleitores nesta situação.
Dados estatísticos divulgados pela Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE-RN mostram que o maior número de faltosos foi registrado na 69ª Zona Eleitoral, que pertence à capital potiguar e somou um total de 2.489 eleitores. Em seguida, vêm as outras duas zonas eleitorais de Natal, a 4ª e 3ª ZE, que somaram, respectivamente, 2.169 e 2.004 eleitores faltosos.
Para o TRE/RN o eleitor faltoso é aquele que não votou nem justificou a ausência nos três últimos pleitos (regulares ou suplementares), sendo cada turno considerado uma eleição. Conforme previsto no parágrafo 1º do artigo 7º da Lei nº 4.737/1965 (Código Eleitoral), enquanto não regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral, o eleitor estará sujeito a uma série de impedimentos.
Os cartórios eleitorais já disponibilizaram ao público as relações contendo os nomes e os números dos títulos desses cidadãos. A situação eleitoral também pode ser consultada pelo site do TRE-RN: www.tre-rn.jus.br.
Os prazos para a execução dos procedimentos relativos ao cancelamento dos títulos eleitorais, bem como para a regularização da situação dos eleitores que deixaram de votar nas três últimas eleições e de justificar o voto, estão previstos na Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.594/2018.
Os cartórios eleitorais do Rio Grande do Norte afixaram nesta semana os editais contendo as listagens dos eleitores faltosos aos três últimos pleitos. Somente aqueles que estiverem nessa condição deverão regularizar sua situação nos cartórios no período de 7 de março a 6 de maio.
Ainda segundo o cronograma, a Justiça Eleitoral cancelará, no período de 17 a 20 de maio, as inscrições dos eleitores que não tiverem regularizado sua situação até a data-limite estabelecida. Enquanto os cancelamentos estiverem sendo efetuados, não serão feitas atualizações no cadastro eleitoral.
A partir do dia 21 de maio, as atualizações cadastrais serão retomadas, e a Justiça Eleitoral divulgará, a partir do dia 24 do mesmo mês, as relações contendo os nomes dos eleitores e os números dos respectivos títulos cancelados por ausência aos três últimos pleitos.
Conheça os impedimentos para o eleitor que não regularizar a situação
- Obter passaporte ou carteira de identidade;
- Receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como de fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição;
- Participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias;
- Obter empréstimos nas autarquias, nas sociedades de economia mista, nas caixas econômicas federais e estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe, e com essas entidades celebrar contratos;
- Inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado;
- Renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
- Praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda;
- Obter certidão de quitação eleitoral, conforme disciplina a Resolução-TSE nº 21.823/2004;
- Obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.
Papa anuncia medidas concretas contra abusos sexuais
papa Francisco

Papa anuncia medidas concretas contra abusos sexuais

Por três dias, 190 líderes religiosos se reúnem no Vaticano para tratar de pedofilia na Igreja
O Papa Francisco iniciou nesta quinta-feira (21) a cúpula sobre os abusos sexuais, que se realiza no Vaticano até o próximo domingo, 24. Compareceram à abertura do encontro 190 líderes religiosos (entre presidentes de conferências episcopais, representantes de igrejas orientais, chefes de dicastérios e bispos sem dioceses. O papa Francisco abriu o encontro com mensagem direta: “Eu os convoquei para que juntos possamos ouvir o grito dos pequenos que pedem justiça”.
Em uma apresentação curta e austera, Francisco enfatizou a necessidade de mudar o rumo e estancar a hemorragia que dessangra a Igreja Católica, com ações precisas. “Nossos corações estão cobertos pelo peso da responsabilidade pastoral e eclesial que nos obriga a discutir em conjunto, de modo sinodal, sincero e profundo, como lidar com este mal que aflige a Igreja e a humanidade. O povo santo de Deus olha para nós e não espera só condenações simples e óbvias, mas todas as medidas concretas e eficazes que são necessárias. É preciso ser específico.”

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Série C: ABC pega o Náutico na estreia e o Globo enfrenta o Imperatriz

ReproduçãoTime do ABC, em jogo pelo Estadual, estreia contra o Náutico na Série C
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira, 19, a tabela básica da Série C do Campeonato Brasileiro. A 3ª divisão nacional terá início previsto para o dia 27 de abril e término em 6 de outubro.
ABC e Globo representam o Rio Grande do Norte na competição. O Alvinegro natalense est... Leia mais
 Sonda japonesa pousa em asteroide a 300 milhões de km da Terra

Sonda japonesa pousa em asteroide a 300 milhões de km da Terra

A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (Jaxa) anunciou que ocorreu com êxito o pouso da sonda espacial Hayabusa 2 no asteroide Ryugu, na primeira etapa da sua missão de coletar amostras de rocha no corpo celeste.
A Jaxa informou que o equipamento pousou no asteroide às 7h29 desta sexta-feira (22) — horário japonês.
Partindo de uma altitude de 20 mil metros, a Hayabusa 2 iniciou a descida em direção à superfície de Ryugu pouco depois das 13h de ontem. O destino era uma estreita área de pouso com 6 metros de diâmetro. Quando estava a 500 metros da superfície do asteroide, a sonda mudou para modo automático de pouso.
A Hayabusa 2 está equipada com um aparelho de coleta de rochas com cerca de 1 metro de comprimento, que se estende da sua base para entrar em contato com a superfície do corpo celeste. O aparelho foi projetado para lançar projéteis na superfície do asteroide e, com a agitação resultante, coletar as rochas. A Jaxa declarou que um dos projéteis foi disparado a contento.
A equipe do centro de controle da Jaxa, situado perto de Tóquio, comemorou muito quando se confirmou o sucesso do pouso.
Após a conclusão dos passos programados, a Hayabusa 2 deverá retornar a uma altitude de 20 mil metros do asteroide e preparar, então, o pouso seguinte. A Jaxa planeja mais uma ou duas tentativas de coleta de rochas antes que a sonda se afaste definitivamente de Ryugu.
A Hayabusa 2 iniciou a sua jornada em 2014 e, em junho do ano passado, se aproximou do espaço em torno do asteroide, distante 300 milhões de quilômetros da Terra. O retorno da sonda à Terra está previsto para o final de 2020.
Ag~encia Brasil – Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão)

Morre Eurico Miranda, o mais icônico dirigente do Vasco da Gama Crédito da foto: Reprodução Eurico Miranda Eurico Miranda, o mais ...